CÂMARA MUNICIPAL de RONDONÓPOLIS - Presidente Rodrigo da Zaeli (PSDB)

CÂMARA MUNICIPAL de RONDONÓPOLIS - Presidente Rodrigo da Zaeli (PSDB)
Endereço RUA CAFELÂNDIA, 434 Bairro: LA SALLE RONDONÓPOLIS - CEP 78.710-050 - MT

A Assembleia Legislativa do Mato Grosso criou um aplicativo inovador para ajudar os cidadãos MT

Prefeitura de Cuiabá - Mutirão da Conciliação Fiscal

sexta-feira, 23 de junho de 2017

"Botelho visita Hospital de Câncer e recebe reivindicações"

A Assembleia Legislativa irá receber, nos próximos dias, os diretores do Hospital de Câncer de Mato Grosso na reunião do Colégio de Líderes. Eles farão a explanação sobre as dificuldades financeiras que passa o hospital filantrópico, diante da falta de apoio do Governo do Estado. Durante café da manhã, nesta terça-feira (20), com o diretor-presidente do HCAN, Laudemi Moreira Nogueira e o diretor-financeiro José Castilho, o presidente da Casa de Leis, deputado Eduardo Botelho (PSB), conheceu as dependências do hospital e assegurou apoio ao trabalho desenvolvido a pacientes, inclusive, de outros estado e da Bolívia.

Nogueira explicou ao presidente Botelho que mesmo diante das dificuldades, por meio de doações e recursos federais, o HCAN conseguiu realizar 76.073 mil atendimentos no ano passado. Somente no interior do estado foram 28 mil pacientes, sem nenhum custo ao governo. Sendo 80% moradores da Baixada Cuiabana. Alertou sobre a necessidade de um financiamento permanente para a Saúde Pública e a revisão de valores na tabela do Sistema Único de Saúde – SUS, para que os hospitais possam trabalhar com segurança.

“Essa visita é importante porque nos ajuda mostrando a importância desse hospital à sociedade, valoriza o trabalho que aqui é feito e nos permite angariar apoio juntos aos deputados para convencer o governo do estado sobre a importância dessa instituição. Hoje, não há uma política clara em relação a oncologia em Mato Grosso. E o deputado aqui, com certeza, vai nos ajudar a melhorar os atendimentos”, explicou Nogueira.

Ao destacar os relevantes serviços prestados pelo HCAN, o presidente Botelho assegurou empenho para ajudar a instituição e informou sobre o trabalho que vem sendo feito para encontrar alternativas que solucionem, de forma urgente, a crise que afeta a Saúde Pública. Também falou sobre a Assembleia Itinerante, mutirão da Casa de Leis que leva cidadania para o interior do estado.

“Estamos impressionados com a qualidade do trabalho prestado, com a qualidade dos quartos, da internação, do ambulatório. Tudo que tem é de muita qualidade e a dedicação dos médicos é fantástica. Entendemos que o poder público tem que participar mais dessas entidades filantrópicas, sobretudo, a que oferece o tratamento de combate ao câncer, uma doença grave, que acomete milhares de pessoas que não têm condições de pagar pelo tratamento. E essas pessoas no momento de dor, de sofrimento, precisam achar um lugar que os atendam com padrão de qualidade como oferece o Hospital de Câncer. Vamos trabalhar com o intuito de ajudar esse hospital. E fazer com que o governo do estado tenha um olhar diferente para essas entidades”, afirmou Botelho, ao acrescentar que o governo tem feito muito pouco à saúde, especialmente, para os hospitais filantrópicos.

De acordo com o médico Castilho, sem medidas urgentes, os hospitais filantrópicos correm o risco de fechar. O HCAN tem déficit mensal de R$ 1,4 milhão. “As contas não fecham, somente as doações ajudam a manter os atendimentos”.

Referência em Mato Grosso, muitos pacientes recorrem ao HCAN. É o caso da moradora de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, Ebelin Ciancos, que há um mês acompanha a filha de cinco anos, diagnosticada com leucemia. “O atendimento aqui é excelente”, afirmou.

“Como agentes públicos temos que estar atentos para questões importantes como essa do Hospital de Câncer, que realiza um ótimo trabalho à sociedade. Dessa forma, podemos encontrar parcerias para canalizar recursos e atender as demandas. Por isso, trouxemos o presidente Botelho aqui, para que veja in loco as necessidades e a importância do trabalho desenvolvido”, disse o secretário de Finanças da ALMT, Ricardo Adriane Oliveira.

Visita – Acompanhado pelo diretor de Relações Públicas, Arnaldo Souza Marques, Botelho percorreu a ala pediátrica, enfermaria, capela, Centro de Prevenção de Câncer de Mama e o local onde será construída a UTI Pediátrica.

Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário