CÂMARA MUNICIPAL de RONDONÓPOLIS - Presidente Rodrigo da Zaeli (PSDB)

CÂMARA MUNICIPAL de RONDONÓPOLIS - Presidente Rodrigo da Zaeli (PSDB)
Endereço RUA CAFELÂNDIA, 434 Bairro: LA SALLE RONDONÓPOLIS - CEP 78.710-050 - MT

A Assembleia Legislativa do Mato Grosso criou um aplicativo inovador para ajudar os cidadãos MT

Prefeitura de Cuiabá - Mutirão da Conciliação Fiscal

terça-feira, 20 de junho de 2017

"Caravana de Alta Floresta é a maior realizada pelo Estado"

Com esta edição, o Governo de Mato Grosso chega a mais de 20 mil cirurgias realizadas desde o início do programa.Seja pelo tamanho da estrutura – 10 mil m² – ou pela quantidade de cirurgias realizadas, o Governo do Estado terminou os atendimentos oftalmológicos em Alta Floresta (800 km ao Norte de Cuiabá) com a certeza de que esta foi a maior edição da Caravana da Transformação já realizada. Os serviços foram encerrados no último sábado (17.06). O evento ocorreu pela primeira vez em julho do ano passado, em Barra do Bugres (150 km a Sudoeste de Cuiabá).


Durante 12 dias, a Caravana da Transformação ofereceu consultas, exames e cirurgias oftalmológicas para pacientes, preferencialmente, acima dos 55 anos, público-alvo do programa e população com maior incidência de catarata. Entretanto, casos como o do menino Cauã Rodrigues, de três anos de idade, que possuía catarata congênita, também foram tratados durante o evento.

Ao todo, 6.327 pessoas passaram por consulta oftalmológica, sendo que 4.359 mil cirurgias foram realizadas, 3.493 de catarata, 640 de pterígio e 226 yag lasers. Este quantitativo de intervenções cirúrgicas é o maior já realizado em todas as caravanas. Até então, a edição de Jaciara (144 km ao Sul da Capital) figurava como a maior já realizada, com 3.918 cirurgias feitas.

Os procedimentos, que reúnem consultas, exames e cirurgias, chegaram a 43.229 atendimentos. A Caravana da Transformação só dará alta médica após a realização do pós-operatório de 30 dias, o que confere mais segurança aos pacientes. Por esta razão, parte da estrutura ainda ficará montada na cidade.

Além de Alta Floresta, outros 11 municípios foram beneficiados pela iniciativa: Apiacás, Carlinda, Colíder, Itaúba, Marcelândia, Nova Bandeirantes, Nova Canaã do Norte, Nova Guarita, Nova Monte Verde, Nova Santa Helena e Paranaíta.

Com os atendimentos realizados em Alta Floresta, a Caravana chega a um número histórico: mais de 20 mil cirurgias oftalmológicas já realizadas desde a primeira edição. Ao invés das judicializações que o Governo de Mato Grosso era obrigado a cumprir, que custavam em média R$ 4.500 por olho, a Caravana da Transformação instituiu uma rede contínua de atendimento. Além disso, gerou também economia aos cofres públicos, já que cada cirurgia custa o equivalente à tabela SUS (Sistema Único de Saúde), ou seja R$ 643 por olho.

“O atendimento da caravana não termina após a desmontagem da estrutura na cidade-sede. Vale lembrar que oferecemos um 0800 para que qualquer intercorrência dos pacientes seja registrada e possuímos uma unidade de atendimento fixa em Várzea Grande para que estes casos sejam acompanhados”, lembrou o coordenador-geral da Caravana e secretário de Estado do Gabinete de Governo, José Arlindo de Oliveira.

O número para contato de intercorrências é o 0800 770 7011, com atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h. A ligação é gratuita e pode ser realizada de qualquer número de telefone fixo ou celular. Já a unidade fixa funciona no anexo do Hospital Santa Rita, em Várzea Grande, e os atendimentos são realizados apenas por agendamento pelo 0800.

Oitava edição

A oitava edição já tem cidade definida para ocorrer. O município de Barra do Garças (521 km a Nordeste de Cuiabá) será a sede da Caravana, com local ainda a ser definido pela equipe de estrutura. A data ainda não foi confirmada, mas a previsão é que ocorra no final de julho. Mais informações pelo site www.caravana.mt.gov.br.

Julia Oviedo | Gcom-MT

Nenhum comentário:

Postar um comentário