A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.

A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.
Av. Historiador Rubens de Mendonça, 2.368 - Sala 104 Bosque da Saúde - Cuiabá-MT - 78050-000 comercial@expovarejo.com.br | Fone: (65) 3057-5200

Iguá Saneamento

Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

ABAV EXPO 2018 Conecta

ABAV EXPO 2018 Conecta
Av. Olavo Fontoura, 1209 - Portão 1 - Santana, São Paulo - SP E-mail: visit@abavexpo.com.br

terça-feira, 20 de junho de 2017

"Nilson Leitão será titular na Comissão Especial Mista que vai analisar alteração da Lei Kandir"

A indicação foi feita pelo líder do PSDB na Câmara, deputado Ricardo Trípoli e comunicada ao parlamentar mato-grossense nesta segunda-feira (19). A Comissão Especial Mista criada no final de maio será composta por 11 deputados e 11 senadores como titulares e o mesmo número de parlamentares de ambas as Casas como suplentes. O objetivo da comissão será analisar a Lei Kandir para propor um novo modelo de ressarcimento aos estados e de que forma o governo federal vai pagar as dívidas acumuladas. O Congresso tem até 30 de novembro para apresentar uma lei complementar que regulamente os repasses da União aos Estados, Distrito Federal e municípios, como forma de compensação pelas perdas decorrentes das desonerações do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre as exportações. O prazo foi determinado pelo Supremo Tribunal Federal.

Um requerimento de autoria do deputado Nilson Leitão foi aprovado recentemente na Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e Amazônia (Cindra), para a realização de uma mesa redonda sobre o tema, em Cuiabá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário