Cuiabá Humanizada

CÂMARA MUNICIPAL de RONDONÓPOLIS - Presidente Rodrigo da Zaeli (PSDB)

CÂMARA MUNICIPAL de RONDONÓPOLIS - Presidente Rodrigo da Zaeli (PSDB)
Endereço RUA CAFELÂNDIA, 434 Bairro: LA SALLE RONDONÓPOLIS - CEP 78.710-050 - MT

Campanha Nacional de Doação de Órgãos

Campanha Nacional de Doação de Órgãos
SES realiza campanha "Setembro Verde" para captar doadores de órgãos

A Assembleia Legislativa do Mato Grosso criou um aplicativo inovador para ajudar os cidadãos MT

Prefeitura de Cuiabá - Mutirão da Conciliação Fiscal

sexta-feira, 23 de junho de 2017

"SEGUNDA EDIÇÃO: Inscrições para o Prêmio Fundação André e Lucia Maggi estão abertas e seguem até 20 de agosto"

Estão abertas as inscrições para a segunda edição do Prêmio Fundação André e Lucia Maggi, que visa reconhecer e incentivar as melhores práticas de instituições e empreendedores sociais que contribuem para o desenvolvimento local sustentável. Para se inscrever, acesse o site www.fundacaoandreeluciamaggi.org.br, leia atentamente o edital, siga o passo a passo e faça a inscrição. O prazo termina no dia 20 de agosto. O Prêmio é uma das iniciativas da Fundação André e Lucia Maggi (FALM), que atua para que pessoas e instituições atinjam o máximo de seus potenciais, para que organizações sociais se fortaleçam e, dessa maneira, gerem mais desenvolvimento e transformação social.

Podem se inscrever organizações sociais que tenham sede e atuem em municípios com unidade da AMAGGI instalada. Uma novidade deste ano é a expansão do Prêmio para municípios com atuação da AMAGGI em outros estados além de Mato Grosso, como Amazonas, Rondônia, Roraima, Goiás, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

São três categorias: Boas Práticas de Gestão, Melhores Impactos e Empreendedor Social. Os projetos desenvolvidos podem ser em diversas áreas, como agricultura, meio ambiente, cultura, desenvolvimento local, educação, habitação, inclusão, saúde, entre outras.

Além da premiação em dinheiro, as organizações vencedoras serão contempladas com capacitações, visitas técnicas e mentorias, além de um troféu entregue durante a cerimônia de premiação, que acontecerá no mês de dezembro, em Cuiabá (MT).

O vencedor de cada categoria receberá R$ 40 mil em dinheiro. Já o segundo e o terceiro lugar receberão, respectivamente, R$ 20 e R$ 10 mil. A exceção é a categoria Empreendedor Social, cuja premiação única de R$ 30 mil será destinada à organização à qual o vencedor esteja vinculado.

Os requisitos de cada categoria são:

Boas Práticas de Gestão

A categoria Boas Práticas de Gestão visa reconhecer as organizações sociais que apresentem maturidade na sua gestão organizacional, demonstrando qualidade no desempenho de suas funções, como eficiência em planejamento, organização, execução, monitoramento e controle, com impactos positivos na execução das suas atividades.

Melhores Impactos

A categoria Melhores Impactos reconhece projetos cujas ações tenham alcançado resultados significativos, impactando positivamente na causa em que atua. Por meio de indicadores, será analisada a sinergia entre os resultados obtidos e o propósito da organização.

Empreendedor Social

A categoria Empreendedor Social reconhece ações de pessoas que, por meio de um ideal e ligadas a uma organização social, geram impactos positivos junto à comunidade. A avaliação desta categoria abordará criatividade, proatividade, visão de futuro, capacidade de mobilização, realização e expansão da ação por parte do empreendedor social e da organização da qual faz parte.

A FALM é a instituição responsável pela gestão do Investimento Social Privado da AMAGGI e há 20 anos investe socialmente nos municípios onde a empresa atua. Acompanhe a FALM pelo site, Facebook e Youtube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário