Cuiabá Bom de Bola

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Endereço: Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT, CEP.:78049-901

CÂMARA MUNICIPAL de RONDONÓPOLIS - Presidente Rodrigo da Zaeli (PSDB)

CÂMARA MUNICIPAL de RONDONÓPOLIS - Presidente Rodrigo da Zaeli (PSDB)
Endereço RUA CAFELÂNDIA, 434 Bairro: LA SALLE RONDONÓPOLIS - CEP 78.710-050 - MT

A Assembleia Legislativa do Mato Grosso criou um aplicativo inovador para ajudar os cidadãos MT

CENSO AGRO 2017

CENSO AGRO 2017
"Juntos,vamos colher resultados para o Brasil

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

"LEGISLATURA: Gilberto Figueiredo quer Emanuel Pinheiro na Câmara para prestar esclarecimentos"

O vereador Gilberto Figueiredo (PSB) apresentou um requerimento à Mesa Diretora da Câmara Municipal solicitando a presença do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PR), na Casa de Leis para prestar esclarecimentos quanto às imagens veiculadas em rede nacional, onde aparece supostamente recebendo dinheiro proveniente de propina. Contudo, embora o requerimento tenha sido apresentado na sessão ordinária da última terça-feira (29), o prefeito de Cuiabá ainda não foi notificado pela Mesa Diretora da Câmara Municipal. Nesta quinta-feira (31), Gilberto usou a tribuna para lamentar o fato e retificar o requerimento.

De acordo com o Regimento Interno, o presidente da Câmara Municipal tem cinco dias úteis para encaminhar o requerimento ao prefeito. O prazo legal termina na próxima terça-feira (05.09).

“Conforme consta no meu requerimento, era para o prefeito estar hoje (31) aqui na Câmara, mas por algum motivo a Mesa Diretora não enviou a ele a notificação solicitando sua presença para prestar esclarecimentos ainda. Portanto, aguardo-o na próxima terça-feira (5)”, disse da tribuna.

Gilberto argumenta que o papel do vereador é o de fiscalizador, e uma declaração do prefeito ao legislativo municipal, serviria como uma prestação de contas dos atos do executivo na gestão pública.

“Esta é uma oportunidade para que o prefeito exerça o direito à ampla defesa e contraditório do qual ele tem direito, mesmo diante das imagens que vimos em rede nacional na última semana”, finalizou.

CPI – Gilberto é um dos seis vereadores que votaram pela abertura de uma CPI para investigar os atos do prefeito, que apareceu no Jornal Nacional supostamente recebendo dinheiro proveniente de propina.

ZF PRESS

Nenhum comentário:

Postar um comentário