A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.

A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.
Av. Historiador Rubens de Mendonça, 2.368 - Sala 104 Bosque da Saúde - Cuiabá-MT - 78050-000 comercial@expovarejo.com.br | Fone: (65) 3057-5200

Iguá Saneamento

Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

ABAV EXPO 2018 Conecta

ABAV EXPO 2018 Conecta
Av. Olavo Fontoura, 1209 - Portão 1 - Santana, São Paulo - SP E-mail: visit@abavexpo.com.br

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

"LEGISLATURA: Gilberto Figueiredo quer Emanuel Pinheiro na Câmara para prestar esclarecimentos"

O vereador Gilberto Figueiredo (PSB) apresentou um requerimento à Mesa Diretora da Câmara Municipal solicitando a presença do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PR), na Casa de Leis para prestar esclarecimentos quanto às imagens veiculadas em rede nacional, onde aparece supostamente recebendo dinheiro proveniente de propina. Contudo, embora o requerimento tenha sido apresentado na sessão ordinária da última terça-feira (29), o prefeito de Cuiabá ainda não foi notificado pela Mesa Diretora da Câmara Municipal. Nesta quinta-feira (31), Gilberto usou a tribuna para lamentar o fato e retificar o requerimento.

De acordo com o Regimento Interno, o presidente da Câmara Municipal tem cinco dias úteis para encaminhar o requerimento ao prefeito. O prazo legal termina na próxima terça-feira (05.09).

“Conforme consta no meu requerimento, era para o prefeito estar hoje (31) aqui na Câmara, mas por algum motivo a Mesa Diretora não enviou a ele a notificação solicitando sua presença para prestar esclarecimentos ainda. Portanto, aguardo-o na próxima terça-feira (5)”, disse da tribuna.

Gilberto argumenta que o papel do vereador é o de fiscalizador, e uma declaração do prefeito ao legislativo municipal, serviria como uma prestação de contas dos atos do executivo na gestão pública.

“Esta é uma oportunidade para que o prefeito exerça o direito à ampla defesa e contraditório do qual ele tem direito, mesmo diante das imagens que vimos em rede nacional na última semana”, finalizou.

CPI – Gilberto é um dos seis vereadores que votaram pela abertura de uma CPI para investigar os atos do prefeito, que apareceu no Jornal Nacional supostamente recebendo dinheiro proveniente de propina.

ZF PRESS

Nenhum comentário:

Postar um comentário