Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

BOLSONARO X CLASSE TRABALHADORA

BOLSONARO X CLASSE TRABALHADORA
BOLSONARO NÃO!

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

ABAV EXPO 2018 Conecta

ABAV EXPO 2018 Conecta
Av. Olavo Fontoura, 1209 - Portão 1 - Santana, São Paulo - SP E-mail: visit@abavexpo.com.br

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

"Vereadores decidem processar site por injúria, calúnia e difamação"

Câmara Municipal de Cuiabá deu entrada em uma representação judicial contra o site Mídia News ,na sessão desta quinta-feira (31), pela circulação das matérias publicadas na coluna “fogo amigo” nos dias 29 e 30 de agosto de 2017, respectivamente com as chamada “Casa dos Horrores” e “Mala Preta” . O site acusa parlamentares de terem negociado a não instalação da CPI em troca do recebimento de valores em dinheiro. 19 vereadores assinaram o pedido de investigação que será encaminhado ao Ministério Público Estadual sobre, as denúncias caluniosas que foram relatadas sem apresentar provas ou fatos . Paulo Araújo considerou que essa é uma “atitude frustrada daqueles que tentam jogar os vereadores de Cuiabá na vala comum das delações que aí estão, envolvendo deputados” e autoridades de vários níveis estaduais e federais.

Mas, segundo o vereador, a matéria não “relata a realidade dos fatos e isso afeta diretamente a imagem e a honra da Câmara e dos vereadores”.

Com base nesse entendimento os parlamentares decidiram, inclusive, marcar reunião, por sugestão do vereador Gilberto Figueiredo (PSB), com o Procurador Geral de Justiça, Mauro Curvo, para solicitar celeridade na apuração do caso.

“Vamos propor medidas para elucidar os fatos, bem como a fonte de tais acusações, para que todos sejam responsabilizados na esfera civil e criminal”, esclareceu Araújo.

Da Assessoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário