A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.

A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.
Av. Historiador Rubens de Mendonça, 2.368 - Sala 104 Bosque da Saúde - Cuiabá-MT - 78050-000 comercial@expovarejo.com.br | Fone: (65) 3057-5200

Iguá Saneamento

Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Vivência com o povo Xavante, 6 a 12 de Julho de 2018

Vivência com o povo Xavante, 6 a 12 de Julho de 2018
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Greenpeace no Brasil

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

"Proposta altera composição do Conselho de Assistência Social"

O órgão, que reúne representantes do governo e da sociedade civil para discutir e fiscalizar a prestação de serviços sociais, está vinculado à estrutura do Ministério de Desenvolvimento Social.
A Câmara analisa o Projeto de Lei 8420/17, da deputada Luiza Erundina (Psol-SP), que altera a composição do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS).
Alex Ferreira / Câmara dos Deputados
Reunião Ordinária. Dep. Luiza Erundina (PSOL-SP)
Erundina: o projeto garante paridade entre governo, entidades sociais, trabalhadores e usuários da política de assistência social
Hoje o Conselho é composto por 18 membros, cujos nomes são indicados de acordo com seguintes critérios:
- nove representantes governamentais (incluindo um representante dos estados e um dos municípios); e
- nove representantes da sociedade civil.

A proposta de Erundina aumenta o número de integrantes de 18 para 20, divididos da seguinte maneira:
- cinco representantes governamentais (incluindo um representante dos estados e um dos municípios);
- cinco representantes de usuários da política de assistência social;
- cinco representantes dos trabalhadores públicos e ou privados; e 
- cinco representantes das entidades de assistência social.

A deputada explica que a nova composição é um pleito da Conferência Nacional de Assistência Social de 2015. A intenção, segundo ela, é atender de forma plena ao dispositivo constitucional (art. 194) que busca garantir o caráter democrático e a descentralização da administração mediante gestão quadripartite.
Tramitação
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
Reportagem - Natalia Doederlein 
Edição - Marcia Becker

Nenhum comentário:

Postar um comentário