A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.

A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.
Av. Historiador Rubens de Mendonça, 2.368 - Sala 104 Bosque da Saúde - Cuiabá-MT - 78050-000 comercial@expovarejo.com.br | Fone: (65) 3057-5200

Iguá Saneamento

Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Vivência com o povo Xavante, 6 a 12 de Julho de 2018

Vivência com o povo Xavante, 6 a 12 de Julho de 2018
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Greenpeace no Brasil

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

"Com pavimentação de Cotriguaçu a Juruena Pró-Estradas chega a 2 mil km de asfalto"

Com a pavimentação de 60 km da rodovia MT-170, entre Cotriguaçu e Juruena, o Governo de Mato Grosso ultrapassou a marca de 2.000 mil quilômetros de asfalto executados pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) somente na atual gestão. A entrega oficial de interligação asfáltica foi feita nesta terça-feira (19.09), pelo governador Pedro Taques, durante viagem a região noroeste, como parte da programação da Caravana da Transformação. "Estamos percorrendo os municípios entregando ações para melhoria das nossas rodovias do Estado, demonstrando de forma clara que estamos pavimentando e recuperando vias em todas as regiões, porque não queremos deixar nenhum mato-grossense para trás. Estradas servem para realizar sonhos e conectar pessoas", declarou o governador, que lidera comitiva composta por secretários, deputados e autoridades locais. O asfaltamento da MT-170, só foi possível graças ao Pró-Estradas, que é o maior programa da história de construção, reconstrução e manutenção de rodovias estaduais. Conduzido pela Sinfra, o programa concluiu, até o momento, 1.200 km de obras de reconstrução do antigo pavimento e mais 800 km de pavimentação de rodovias novas. A meta é fazer mais de 3 mil até 2018. "Os números positivos do Governo do Estado demostram o compromisso nosso com os cidadãos. Nós entregamos obras de qualidade que transformam a vida das pessoas", declarou o secretário da Sinfra, Marcelo Duarte.
Ações sociais
Na oportunidade, o Governo de Mato Grosso, por meio da Sinfra, também fechou com a prefeitura de Cotriguaçu um termo de compromisso para a futura pavimentação urbana de seis quilômetros dentro da cidade. A obra deve começar em 2018, beneficiando diretamente os moradores. "Vai ser uma obra urbana importantíssima para melhorar a autoestima da cidade", comemorou o prefeito Jair Klasnor. Em Juruena, onde a comitiva esteve hoje, o governador também autorizou a Sinfra a celebrar com a prefeitura municipal termo de compromisso visando a pavimentação no próximo ano da travessia urbana da MT-170, no valor de R$ 4 milhões.
Ações sociais
Outros anúncios foram feitos durante a reunião pública. Houve a entrega de oito resfriadores para pequenos produtores rurais, por meio da destinação feita pela Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf). "Já foram entregues 300 resfriadores em dois anos e nove meses. Cada um atende 10 famílias. Os resfriadores são a carta de alforria dos pequenos, porque evita que eles percam o leite que é tão importante para o desenvolvimento das famílias", disse o secretário Suelme Fernandes. Também foram entregues nas duas cidades os cartões do programa Pró-Família, que atenderá 20 mil famílias. "Estamos ajudando as famílias que mais precisam com essa complementação de renda que ajuda a dar mais dignidade para as pessoas", disse o secretário Max Russi.
BR-174 não tinha dinheiro
Sobre o asfaltamento da rodovia federal BR-174, no trecho de 100 km de Juruena a Castanheira, o Governo de Mato Grosso tem lutado em Brasília para viabilizar a obra. O secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, explicou que começaram os estudos de componentes indígenas e ambiental, que faltam para obra dair do papel. "A gestão passada iludiu os moradores da região. Não havia dinheiro na conta, como eles diziam. E mais: Mato Grosso quase perdeu o convênio federal por falta de cumprimento dos procedimentos formais para esta obra, por atos da gestão passada. Mas com muito empenho do Estado, conseguimos manter a parceria e vamos conseguir tocar a obra". Duarte acrescentou, ainda, que a Sinfra tem trabalhado para conectar a região noroeste com o nortão por meio da rodovia MT-208.
Ericksen Vital | Sinfra-MT Fotos: Rafael Manzutti | Sinfra-MT

Nenhum comentário:

Postar um comentário