Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

"Prefeitura de Cuiabá - Trabalhando e cuidando da gente"

Todos juntos contra a dengue

quinta-feira, 21 de junho de 2018

E, estando eles falando ao povo, sobrevieram os sacerdotes, e o capitão do templo, e os saduceus,
Doendo-se muito de que ensinassem o povo, e anunciassem em Jesus a ressurreição dentre os mortos.


E lançaram mão deles, e os encerraram na prisão até ao dia seguinte, pois já era tarde.


Muitos, porém, dos que ouviram a palavra creram, e chegou o número desses homens a quase cinco mil.


E aconteceu, no dia seguinte, reunirem-se em Jerusalém os seus principais, os anciãos, os escribas,
E Anás, o sumo sacerdote, e Caifás, e João, e Alexandre, e todos quantos havia da linhagem do sumo sacerdote.


E, pondo-os no meio, perguntaram: Com que poder ou em nome de quem fizestes isto?


Então Pedro, cheio do Espírito Santo, lhes disse: Principais do povo, e vós, anciãos de Israel,

Visto que hoje somos interrogados acerca do benefício feito a um homem enfermo, e do modo como foi curado,
Seja conhecido de vós todos, e de todo o povo de Israel, que em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, aquele a quem vós crucificastes e a quem Deus ressuscitou dentre os mortos, em nome desse é que este está são diante de vós.


Ele é a pedra que foi rejeitada por vós, os edificadores, a qual foi posta por cabeça de esquina.


E em nenhum outro há salvaç
ão, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.

Então eles, vendo a ousadia de Pedro e João, e informados de que eram homens sem letras e indoutos, maravilharam-se e reconheceram que eles haviam estado com Jesus.

E, vendo estar com eles o homem que fora curado, nada tinham que dizer em contrário.


Todavia, mandando-os sair fora do conselho, conferenciaram entre si,
Dizendo: Que havemos de fazer a estes homens? porque a todos os que habitam em Jerusalém é manifesto que por eles foi feito um sinal notório, e não o podemos negar;
Mas, para que não se divulgue mais entre o povo, ameacemo-los para que não falem mais nesse nome a homem algum.


E, chamando-os, disseram-lhes que absolutamente não falassem, nem ensinassem, no nome de Jesus.


Respondendo, porém, Pedro e João, lhes disseram: Julgai vós se é justo, diante de Deus, ouvir-vos antes a vós do que a Deus;
Porque não podemos deixar de falar do que temos visto e ouvido.


Mas eles ainda os ameaçaram mais e, não achando motivo para os castigar, deixaram-nos ir, por causa do povo; porque todos glorificavam a Deus pelo que acontecera;
Pois tinha mais de quarenta anos o homem em quem se operara aquele milagre de saúde.


E, soltos eles, foram para os seus, e contaram tudo o que lhes disseram os principais dos sacerdotes e os anciãos.


E, ouvindo eles isto, unânimes levantaram a voz a Deus, e disseram: Senhor, tu és o Deus que fizeste o céu, e a terra, e o mar e tudo o que neles há;
Que disseste pela boca de Davi, teu servo: Por que bramaram os gentios, e os povos pensaram coisas vãs?


Levantaram-se os reis da terra,E os príncipes se ajuntaram à uma,Contra o Senhor e contra o seu Ungido.


Porque verdadeiramente contra o teu santo Filho Jesus, que tu ungiste, se ajuntaram, não só Herodes, mas Pôncio Pilatos, com os gentios e os povos de Israel;
Para fazerem tudo o que a tua mão e o teu conselho tinham anteriormente determinado que se havia de fazer.


Agora, pois, ó Senhor, olha para as suas ameaças, e concede aos teus servos que falem com toda a ousadia a tua palavra;
Enquanto estendes a tua mão para curar, e para que se façam sinais e prodígios pelo nome de teu santo Filho Jesus.


E, tendo orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com ousadia a palavra de Deus.


E era um o coração e a alma da multidão dos que criam, e ninguém dizia que coisa alguma do que possuía era sua própria, mas todas as coisas lhes eram comuns.


E os apóstolos davam, com grande poder, testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça.


Não havia, pois, entre eles necessitado algum; porque todos os que possuíam herdades ou casas, vendendo-as, traziam o preço do que fora vendido, e o depositavam aos pés dos apóstolos.


E repartia-se a cada um, segundo a necessidade que cada um tinha.


Então José, cognominado pelos apóstolos Barnabé(que, traduzido, é Filho da consolação), levita, natural de Chipre,
Possuindo uma herdade, vendeu-a, e trouxe o preço, e o depositou aos pés dos apóstolos.

Atos 4:1-37

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Vinde, ó casa de Jacó, e andemos na luz do Senhor.

Mas tu desamparaste o teu povo, a casa de Jacó, porque se encheram dos costumes do oriente e são agoureiros como os filisteus; e associam-se com os filhos dos estrangeiros,
E a sua terra está cheia de prata e ouro, e não têm fim os seus tesouros; também a sua terra está cheia de cavalos, e os seus carros não têm fim.


Também a sua terra está cheia de ídolos; inclinam-se perante a obra das suas mãos, diante daquilo que fabricaram os seus dedos.


E o povo se abate, e os nobres se humilham; portanto não lhes perdoarás.


Entra nas rochas, e esconde-te no pó, do terror do Senhor e da glória da sua majestade.


Os olhos altivos dos homens serão abatidos, e a sua altivez será humilhada; e só o Senhor será exaltado naquele dia.


Porque o dia do Senhor dos Exércitos será contra todo o soberbo e altivo, e contra todo o que se exalta, para que seja abatido;
E contra todos os cedros do Líbano, altos e sublimes; e contra todos os carvalhos de Basã;
E contra todos os montes altos, e contra todos os outeiros elevados;
E contra toda a torre alta, e contra todo o muro fortificado;
E contra todos os navios de Társis, e contra todas as pinturas desejáveis.


E a arrogância do homem será humilhada, e a sua altivez se abaterá, e só o Senhor será exaltado naquele dia.


E todos os ídolos desaparecerão totalmente.


Então os homens entrarão nas cavernas das rochas, e nas covas da terra, do terror do Senhor, e da glória da sua majestade, quando ele se levantar para assombrar a terra.


Naquele dia o homem lançará às toupeiras e aos morcegos os seus ídolos de prata, e os seus ídolos de ouro, que fizeram para diante deles se prostrarem.


E entrarão nas fendas das rochas, e nas cavernas das penhas, por causa do terror do Senhor, e da glória da sua majestade, quando ele se levantar para abalar terrivelmente a terra.


Deixai-vos do homem cujo fôlego está nas suas narinas; pois em que se deve ele estimar?

Isaías 2:5-22

sábado, 16 de junho de 2018

Mas eu dizia: Como te porei entre os filhos, e te darei a terra desejável, a excelente herança dos exércitos das nações? Mas eu disse: Tu me chamarás meu pai, e de mim não te desviarás.

Deveras, como a mulher se aparta aleivosamente do seu marido, assim aleivosam
ente te houveste comigo, ó casa de Israel, diz o Senhor.

Nos lugares altos se ouviu uma voz, pranto e súplicas dos filhos de Israel; porquanto perverteram o seu caminho, e se esqueceram do Senhor seu Deus.

Voltai, ó filhos rebeldes, eu curarei as vossas rebeliões. Eis-nos aqui, vimos a ti; porque tu és o Senhor nosso Deus.


Certamente em vão se confia nos outeiros e na multidão das montanhas; deveras no Senhor nosso Deus está a salvação de Israel.


Porque a confusão devorou o trabalho de nossos pais desde a nossa mocidade; as suas ovelhas e o seu gado, os seus filhos e as suas filhas.


Deitemo-nos em nossa vergonha; e cubra-nos a nossa confusão, porque pecamos contra o Senhor nosso Deus, nós e nossos pais, desde a nossa mocidade até o dia de hoje; e não demos ouvidos à voz do Senhor nosso Deus.

Jeremias 3:19-25

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Meus irmãos, muitos de vós não sejam mestres, sabendo que receberemos mais duro juízo.

Porque todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça em palavra, o tal é perfeito, e poderoso para também refrear todo o corpo.


Ora, nós pomos freio nas bocas dos cavalos, para que nos obedeçam; e conseguimos dirigir todo o seu corpo.


Vede também as naus que, sendo tão grandes, e levadas de impetuosos ventos, se viram com um bem pequeno leme para onde quer a vontade daquele que as governa.


Assim também a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grandes coisas. Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia.


A língua também é um fogo; como mundo de iniqüidade, a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno.


Porque toda a natureza, tanto de bestas feras como de aves, tanto de répteis como de animais do mar, se amansa e foi domada pela natureza humana;
Mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal.


Com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.


De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim.


Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa?


Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce.


Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria.


Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade.


Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica.


Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa.


Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia.


Ora, o fruto da justiça semeia-se na paz, para os que exercitam a paz.

Tiago 3:1-18

sábado, 9 de junho de 2018

Quando o SENHOR trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, estávamos como os que sonham.

Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico; então se dizia entre os gentios: Grandes coisas fez o Senhor a estes.


Grandes coisas fez o Senhor por nós, pelas quais estamos alegres.
Traze-nos outra vez, ó Senhor, do cativeiro, como as correntes das águas no sul.


Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria.
Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos.

Salmos 126:1-6

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados,
Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor,
Procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz.


Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação;
Um só Senhor, uma só fé, um só batismo;
Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós.


Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo.


Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro,e deu dons aos homens.


Ora, isto - ele subiu - que é, senão que também antes tinha descido às partes mais baixas da terra?

Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas.


E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores,
Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo;
Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo,
Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente.


Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo,
Do qual todo o corpo, bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, faz o aumento do corpo, para sua edificação em amor.


E digo isto, e testifico no Senhor, para que não andeis mais como andam também os outros gentios, na vaidade da sua mente.


Entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração;
Os quais, havendo perdido todo o sentimento, se entregaram à dissolução, para com avidez cometerem toda a impureza.


Mas vós não aprendestes assim a Cristo,

Se é que o tendes ouvido, e nele fostes ensinados, como está a verdade em Jesus;
Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano;
E vos renoveis no espírito da vossa mente;
E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.


Por isso deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros.
Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira.
Não deis lugar ao diabo.


Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade.


Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem.


E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção.


Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós,
Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.

Efésios 4:1-32

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Conheço as tuas obras; eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar; tendo pouca força, guardaste a minha palavra, e não negaste o meu nome.

Eis que eu farei aos da sinagoga de Satanás, aos que se dizem judeus, e não são, mas mentem: eis que eu farei que venham, e adorem prostrados a teus pés, e saibam que eu te amo.


Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra.


Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.


A quem vencer, eu o farei coluna no templo do meu Deus, e dele nunca sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu Deus, e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, do meu Deus, e também o meu novo nome.


Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.
E ao anjo da igreja de Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus:
Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente!


Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca.


Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu;
Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas.


Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; sê pois zeloso, e arrepende-te.


Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.


Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono.


Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.

Apocalipse 3:8-22

terça-feira, 5 de junho de 2018

Oração do profeta Habacuque sobre Sigionote.

Ouvi, Senhor, a tua palavra, e temi; aviva, ó Senhor, a tua obra no meio dos anos, no meio dos anos faze-a conhecida; na tua ira lembra-te da misericórdia.


Deus veio de Temã, e do monte de Parã o Santo (Selá). A sua glória cobriu os céus, e a terra encheu-se do seu louvor.


E o resplendor se fez como a luz, raios brilhantes saíam da sua mão, e ali estava o esconderijo da sua força.


Adiante dele ia a peste, e brasas ardentes saíam dos seus passos.


Parou, e mediu a terra; olhou, e separou as nações; e os montes perpétuos foram esmiuçados; os outeiros eternos se abateram, porque os caminhos eternos lhe pertencem.


Vi as tendas de Cusã em aflição; tremiam as cortinas da terra de Midiã.
Acaso é contra os rios, Senhor, que estás irado? É contra os ribeiros a tua ira, ou contra o mar o teu furor, visto que andas montado sobre os teus cavalos, e nos teus carros de salvação?


Descoberto se movimentou o teu arco; os juramentos feitos às tribos foram uma palavra segura. (Selá. ) Tu fendeste a terra com rios.


Os montes te viram, e tremeram; a inundação das águas passou; o abismo deu a sua voz, levantou ao alto as suas mãos.


O sol e a lua pararam nas suas moradas; andaram à luz das tuas flechas, ao resplendor do relâmpago da tua lança.


Com indignação marchaste pela terra, com ira trilhaste os gentios.
Tu saíste para salvação do teu povo, para salvação do teu ungido; tu feriste a cabeça da casa do ímpio, descobrindo o alicerce até ao pescoço. (Selá.)


Tu traspassaste com as suas próprias lanças a cabeça das suas vilas; eles me acometeram tempestuosos para me espalharem; alegravam-se, como se estivessem para devorar o pobre em segredo.


Tu com os teus cavalos marchaste pelo mar, pela massa de grandes águas.


Ouvindo-o eu, o meu ventre se comoveu, à sua voz tremeram os meus lábios; entrou a podridão nos meus ossos, e estremeci dentro de mim; no dia da angústia descansarei, quando subir contra o povo que invadirá com suas tropas.


Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado;
Todavia eu me alegrarei no Senhor; exultarei no Deus da minha salvação.


O Senhor Deus é a minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas. (Para o cantor-mor sobre os meus instrumentos de corda).

Habacuque 3:1-19

segunda-feira, 4 de junho de 2018

Louvai ao SENHOR

Louvai ao SENHOR, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre.

Louvai ao Deus dos deuses; porque a sua benignidade dura para sempre.


Louvai ao Senhor dos senhores; porque a sua benignidade dura para sempre.


Aquele que só faz maravilhas; porque a sua benignidade dura para sempre.


Aquele que por entendimento fez os céus; porque a sua benignidade dura para sempre.


Aquele que estendeu a terra sobre as águas; porque a sua benignidade dura para sempre.


Aquele que fez os grandes luminares; porque a sua benignidade dura para sempre;
O sol para governar de dia; porque a sua benignidade dura para sempre;
A lua e as estrelas para presidirem à noite; porque a sua benignidade dura para sempre;
O que feriu o Egito nos seus primogênitos; porque a sua benignidade dura para sempre;
E tirou a Israel do meio deles; porque a sua benignidade dura para sempre;
Com mão forte, e com braço estendido; porque a sua benignidade dura para sempre;
Aquele que dividiu o Mar Vermelho em duas partes; porque a sua benignidade dura para sempre;
E fez passar Israel pelo meio dele; porque a sua benignidade dura para sempre;
Mas derrubou a Faraó com o seu exército no Mar Vermelho; porque a sua benignidade dura para sempre.


Aquele que guiou o seu povo pelo deserto; porque a sua benignidade dura para sempre;
Aquele que feriu os grandes reis; porque a sua benignidade dura para sempre;
E matou reis famosos; porque a sua benignidade dura para sempre;
Siom, rei dos amorreus; porque a sua benignidade dura para sempre;
E Ogue, rei de Basã; porque a sua benignidade dura para sempre;
E deu a terra deles em herança; porque a sua benignidade dura para sempre;
E mesmo em herança a Israel, seu servo; porque a sua benignidade dura para sempre;
Que se lembrou da nossa baixeza; porque a sua benignidade dura para sempre;
E nos remiu dos nossos inimigos; porque a sua benignidade dura para sempre;
O que dá mantimento a toda a carne; porque a sua benignidade dura para sempre.


Louvai ao Deus dos céus; porque a sua benignidade dura para sempre.

Salmos 136:1-26

domingo, 3 de junho de 2018

Ó insensatos gálatas! quem vos fascinou para não obedecerdes à verdade, a vós, perante os olhos de quem Jesus Cristo foi evidenciado, crucificado, entre vós?

Só quisera saber isto de vós: recebestes o Espírito pelas obras da lei ou pela pregação da fé?


Sois vós tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, acabeis agora pela carne?


Será em vão que tenhais padecido tanto? Se é que isso também foi em vão.


Aquele, pois, que vos dá o Espírito, e que opera maravilhas entre vós, o faz pelas obras da lei, ou pela pregação da fé?


Assim como Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado como justiça.


Sabei, pois, que os que são da fé são filhos de Abraão.


Ora, tendo a Escritura previsto que Deus havia de justificar pela fé os gentios, anunciou primeiro o evangelho a Abraão, dizendo: Todas as nações serão benditas em ti.


De sorte que os que são da fé são benditos com o crente Abraão.
Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las.


E é evidente que pela lei ninguém será justificado diante de Deus, porque o justo viverá pela fé.


Ora, a lei não é da fé; mas o homem, que fizer estas coisas, por elas viverá.


Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;
Para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios por Jesus Cristo, e para que pela fé nós recebamos a promessa do Espírito.


Irmãos, como homem falo; se a aliança de um homem for confirmada, ninguém a anula nem a acrescenta.


Ora, as promessas foram feitas a Abraão e à sua des
cendência. Não diz: E às descendências, como falando de muitas, mas como de uma só: E à tua descendência, que é Cristo.

Mas digo isto: Que tendo sido a aliança anteriormente confirmada por Deus em Cristo, a lei, que veio quatrocentos e trinta anos depois, não a invalida, de forma a abolir a promessa.

Porque, se a herança provém da lei, já não provém da promessa; mas Deus pela promessa a deu gratuitamente a Abraão.


Logo, para que é a lei? Foi ordenada por causa das transgressões, até que viesse a posteridade a quem a promessa tinha sido feita; e foi posta pelos anjos na mão de um medianeiro.


Ora, o medianeiro não o é de um só, mas Deus é um.


Logo, a lei é contra as promessas de Deus? De nenhuma sorte; porque, se fosse dada uma lei que pudesse vivificar, a justiça, na verdade, teria sido pela lei.


Mas a Escritura encerrou tudo debaixo do pecado, para que a promessa pela fé em Jesus Cristo fosse dada aos crentes.


Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar.


De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados.


Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio.
Porque todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus.


Porque todos quantos fostes batizados em Cristo já vos revestistes de Cristo.


Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus.


E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa.

Gálatas 3:1-29

sábado, 2 de junho de 2018

No segundo ano do rei Dario, no sexto mês, no primeiro dia do mês, veio a palavra do SENHOR, por intermédio do profeta Ageu, a Zorobabel, filho de Sealtiel, governador de Judá, e a Josué, filho de Jozadaque, o sumo sacerdote, dizendo:



Assim fala o Senhor dos Exércitos, dizendo: Este povo diz: Não veio ainda o tempo, o tempo em que a casa do Senhor deve ser edificada.


Veio, pois, a palavra do Senhor, por intermédio do profeta Ageu, dizendo:
Porventura é para vós tempo de habitardes nas vossas casas forradas, enquanto esta casa fica deserta?


Ora, pois, assim diz o Senhor dos Exércitos: Considerai os vossos caminhos.


Semeais muito, e recolheis pouco; comeis, porém não vos fartais; bebeis, porém não vos saciais; vestis-vos, porém ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o num saco furado.


Assim diz o Senhor dos Exércitos: Considerai os vossos caminhos.


Subi ao monte, e trazei madeira, e edificai a casa; e dela me agradarei, e serei glorificado, diz o Senhor.


Esperastes o muito, mas eis que veio a ser pouco; e esse pouco, quando o trouxestes para casa, eu dissipei com um sopro.

 Por que causa? disse o Senhor dos Exércitos. Por causa da minha casa, que está deserta, enquanto cada um de vós corre à sua própria casa.

Por isso retém os céus sobre vós o orvalho, e a terra detém os seus frutos.

E mandei vir a seca sobre a terra, e sobre os montes, e sobre o trigo, e sobre o mosto, e sobre o azeite, e sobre o que a terra produz; como também sobre os homens, e sobre o gado, e sobre todo o trabalho das mãos.

Então Zorobabel, filho de Sealtiel, e Josué, filho de Jozadaque, sumo sacerdote, e todo o restante do povo obedeceram à voz do Senhor seu Deus, e às palavras do profeta Ageu, assim como o Senhor seu Deus o enviara; e temeu o povo diante do Senhor.


Então Ageu, o mensageiro do Senhor, falou ao povo conforme a mensagem do Senhor, dizendo: Eu sou convosco, diz o Senhor.
E o Senhor suscitou o espírito de Zorobabel, filho de Sealtiel, governador de Judá, e o espírito de Josué, filho de Jozadaque, sumo sacerdote, e o espírito de todo o restante do povo, e eles vieram, e fizeram a obra na casa do Senhor dos Exércitos, seu Deus,
Ao vigésimo quarto dia do sexto mês, no segundo ano do rei Dario.


Ageu 1:1-15

sexta-feira, 1 de junho de 2018

A Esperança do Justo Juízo de Deus




 A ti, ó Deus, glorificamos, a ti damos louvor, pois o teu nome está perto, as tuas maravilhas o declaram.
 Quando eu ocupar o lugar determinado, julgarei retamente.
A terra e todos os seus moradores estão dissolvidos, mas eu fortaleci as suas colunas. (Selá.)
 Disse eu aos loucos: Não enlouqueçais, e aos ímpios: Não levanteis a fronte;
Não levanteis a vossa fronte altiva, nem faleis com cerviz dura.
 Porque nem do oriente, nem do ocidente, nem do deserto vem a exaltação.
 Mas Deus é o Juiz: a um abate, e a outro exalta.
 Porque na mão do Senhor há um cálice cujo vinho é tinto; está cheio de mistura; e dá a beber dele; mas as escórias dele todos os ímpios da terra as sorverão e beberão.
 E eu o declararei para sempre; cantarei louvores ao Deus de Jacó.
E quebrarei todas as forças dos ímpios, mas as forças dos justos serão exaltadas.
Salmos 75:1-10






quinta-feira, 31 de maio de 2018

Não se deixe abater pelas adversidades dos inimigos   


Ai de mim! porque estou feito como as colheitas de frutas do verão, como os rabiscos da vindima; não há cacho de uvas para comer, nem figos temporãos que a minha alma deseja.

Já pereceu da terra o homem piedoso, e não há entre os homens um que seja justo; todos armam ciladas para sangue; cada um caça a seu irmão com a rede,
As suas mãos fazem diligentemente o mal; assim demanda o príncipe, e o juiz julga pela recompensa, e o grande fala da corrupção da sua alma, e assim todos eles tecem o mal.

O melhor deles é como um espinho; o mais reto é pior do que a sebe de espinhos; veio o dia dos teus vigias, veio o dia da tua punição; agora será a sua confusão.

Não creiais no amigo, nem confieis no vosso guia; daquela que repousa no teu seio, guarda as portas da tua boca.

Porque o filho despreza ao pai, a filha se levanta contra sua mãe, a nora contra sua sogra, os inimigos do homem são os da sua própria casa.

Eu, porém, olharei para o Senhor; esperarei no Deus da minha salvação; o meu Deus me ouvirá.

Ó inimiga minha, não te alegres a meu respeito; ainda que eu tenha caído, levantar-me-ei; se morar nas trevas, o Senhor será a minha luz.

Sofrerei a ira do Senhor, porque pequei contra ele, até que julgue a minha causa, e execute o meu direito; ele me tirará para a luz, e eu verei a sua justiça.

E a minha inimiga verá isso, e cobri-la-á a vergonha, que me diz: Onde está o Senhor teu Deus? Os meus olhos a contemplarão; agora será ela pisada como a lama das ruas.

No dia em que reedificar os teus muros, nesse dia estará longe e dilatado o estatuto.

Naquele dia virá a ti, desde a Assíria e das cidades fortificadas, e das cidades fortificadas até ao rio, e do mar até ao mar, e da montanha até à montanha.

Mas esta terra será posta em desolação, por causa dos seus moradores, por causa do fruto das suas obras.

Apascenta o teu povo com a tua vara, o rebanho da tua herança, que habita a sós, no bosque, no meio do Carmelo; apascentem-se em Basã e Gileade, como nos dias do passado.

Eu lhes mostrarei maravilhas, como nos dias da tua saída da terra do Egito.

As nações o verão, e envergonhar-se-ão, por causa de todo o seu poder; porão a mão sobre a boca, e os seus ouvidos ficarão surdos.
Lamberão o pó como serpente, como vermes da terra, tremendo, sairão dos seus esconderijos; com pavor virão ao Senhor nosso Deus, e terão medo de ti.

Quem é Deus semelhante a ti, que perdoa a iniqüidade, e que passa por cima da rebelião do restante da sua herança? Ele não retém a sua ira para sempre, porque tem prazer na sua benignidade.

Tornará a apiedar-se de nós; sujeitará as nossas iniqüidades, e tu lançarás todos os seus pecados nas profundezas do mar.
Darás a Jacó a fidelidade, e a Abraão a benignidade, que juraste a nossos pais desde os dias antigos.

Miquéias 7:1-20

quarta-feira, 30 de maio de 2018

"O saneamento no Brasil"

Até 2003 o setor de saneamento no Governo Federal era tratado de forma dispersa, pois havia cerca de 11 Ministérios que, de alguma maneira, atuava na área. A partir de 2003, atendendo a um pleito dos movimentos sociais, foi criado o Ministério das Cidades e, consequentemente, a Secretaria Nacional de Saneamento que passou a congregar todas as ações de saneamento no âmbito do Governo Federal, ou seja, o saneamento passou a ter um único endereço. Outro aspecto fundamental a ser observado é que os recursos federais estavam absolutamente vedados ao setor público de saneamento brasileiro, pois até 2003 o governo federal tinha como proposta central a privatização.

"Crea-MT destaca trabalho do Geólogo em entrevistas"

A entrevista deste mês de Junho mostra o trabalho desenvolvido pelos profissionais relacionados aos estudos da geologia, que podem trabalhar em várias áreas, como a paleontologia, pesquisa mineral, geologia de petróleo, hidrogeologia, geotécnica, geoquímica, geofísica, geologia marinha e geologia ambiental, entre outras. Para homenagear os Geólogos do Sistema Confea/Crea pelo dia, comemorado em 30 de maio, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT) conversou com três representantes de entidades de classe que os representa, a Associação dos Geólogos de Cuiabá (GEOCLUBE), a Associação dos Geólogos do Estado de Mato Grosso (AGEMAT) e o Sindicato dos Geólogos de Mato Grosso (SINGEMAT). ENTREVISTA 01 – O primeiro é o presidente do GEOCLUBE, e conselheiro do Crea-MT, geólogo Caiubi Souza Kuhn, formado pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Mestre, atualmente leciona em Cuiabá e, em entrevista à Gerência de Comunicação do Crea-MT, Caiubi destacou sua paixão pela ciência que estuda a origem, história, vida e estrutura da Terra e o uso de recursos produzidos por meio da geologia.

"NOBRES: 54º Ciretran e PM ministra palestra educativa "Maio Amarelo" na Votorantim Cimento"

Na manhã desta quarta-feira, a 54º Ciretran de Nobre dando continuidade aos eventos do "Movimento Maio Amarelo",esteve na Fábrica de Cimentos do Grupo Votorantim de Nobres,nesse período matutino,juntamente com a Polícia Militar da Região,sob o comando da Ten. Cel. Cláudia Regina Soares do 7º Batalhão de Polícia Militar de Rosário Oeste,que trouxe um enriquecimento de informação sob o trânsito da região de Nobres,Rosário Oeste e Diamantino ,nesse encontro com os colaboradores da empresa.

"Aeroporto de Nova Mutum poderá receber voos comerciais"

Resultado de imagem para nilson leitãoO documento foi emitido pelo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta), com sede em Manaus, onde o requerimento de alteração tramitava há cerca de dois anos. No começo do mês de abril, a pedido do prefeito Adriano Pivetta e do secretário de Planejamento, Mauro Manjabosco, o deputado federal Nilson Leitão (PSDB-MT), enviou documento para a Aeronáutica solicitando informações sobre o processo. A resposta, positiva, foi o parecer favorável para a alteração do cadastro do Aeroporto Brigadeiro Eduardo Gomes, em aeroporto público.

"CULTURA: Banda Erresom agradece Guilherme Maluf por projeto que valoriza lambadão"

Integrantes da banda visitaram o gabinete do deputado nesta terça-feira (29). Integrantes da banda Erresom estiveram no gabinete do deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB), nesta terça-feira (29), para agradecer ao parlamentar pela apresentação do projeto de lei nº 28/2018, que reconhece o lambadão como movimento cultural e musical de caráter popular.

"Não adianta mais"

Resultado de imagem para Glaucia Amaral  Procuradora do Estado e Corregedora-Geral da Procuradoria Geral do EstadoA greve dos caminhoneiros não adianta mais. E pode matar pessoas. É preciso ter responsabilidade e capacidade de análise de riscos porque a paralisação não trará mais benefícios à categoria. Pelo contrário, a partir de agora, os próprios grevistas já estão tendo prejuízo e há o risco de trazer mortes de pessoas pelo país afora, especialmente em estabelecimentos de saúde. A greve Já se estendeu por muito tempo e já foram feitas grandes concessões financeiras pelo governo. Qualquer negociação futura conterá poucos benefícios, que não compensam sequer os dias parados, sem frete.

"POLÍTICA: “Pessoas competentes são exoneradas enquanto o município banca servidores ausentes”, alerta Gilberto Figueiredo"

A atividade de funcionários fantasmas nos órgãos municipais voltou a ser discussão na Câmara Municipal de Cuiabá. Desta vez, veio à tona o caso de uma servidora que recebia salários equivalentes ao de diretora da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), mas que não comparecia ao local de trabalho e nem sequer sabia do cargo que supostamente ocupava. Diante da polêmica fomentada por Abílio Júnior (PV), o vereador Gilberto Figueiredo (PSB) manifestou, durante a última sessão ordinária, o descontentamento referente ao desligamento de uma servidora assídua e competente da Câmara.

"Redes de agroecologia como uma alternativa à agricultura industrial. Entrevista especial com Paulo Petersen"

“Um dos principais objetivos da agroecologia é construir sistemas agroalimentares localizados, aproximando a produção do consumo. Isso só é possível quando os atores dos territórios se articulam em redes para retomar a autonomia sobre os processos de produção, transformação, comercialização e consumo”, diz Paulo Petersen, coordenador executivo da AS-PTA e membro do Núcleo Executivo da Articulação Nacional de Agroecologia - ANA, à IHU On-Line e publicação de Caminho Político. Na avaliação dele, a transição de um modelo agrícola industrial para um modelo baseado na agroecologia depende do estímulo do Estado a partir de políticas públicas adequadas.

TST declara greve de petroleiros ilegal por ter "cunho político"

30_05_petroleiro_foto_paulinia_sp.jpgCategoria pretende realizar 72 horas de paralisação a partir desta quarta-feira 30. Multa é de 500 mil reais em caso de descumprimento. O Tribunal Superior do Trabalho negou o direito à greve dos petroleiros, que pretendiam iniciar nesta quarta-feira 30 uma paralisação de 72 horas em defesa da demissão de Pedro Parente, presidente da Petrobras, e de uma mudança na política de preços da estatal. A ministra Maria de Assis Calsing, relatora da ação movida pela Advocacia-Geral da União e pela Petrobras, determinou que as entidades sindicais representativas dos petroleiros se abstenham de paralisar suas atividades, sob pena de multa diária no valor de 500 mil reais em caso de descumprimento.

"Todos nós no monte com Abraão"

18_05_abstrata_foto_pixabay.jpg"A subida de Abraão àquele monte é um marco na árdua jornada de nossa espécie da barbárie à humanidade. Um caminho, aliás, muitas vezes - mesmo em períodos de alegada civilização, humanidade e progresso - interrompido e subvertido por um feroz retorno à gana de barbárie e sangue." A opinião é do escritor italiano Claudio Magris, ex-senador da Itália, ex-professor das universidade de Turim e de Trieste, e prêmio Príncipe de Astúrias de Letras de 2004. O artigo foi publicado por Corriere della Sera e Caminho Político. A tradução é de Luisa Rabolini.

"Caminhoneiros não cedem, e paralisação continua pelo país"

defaultMovimento pulverizado dificulta acordo entre grevistas e governo. Paralisação completa nove dias e provoca reflexos, como desabastecimento, em todo o país. Caminhões-tanque escoltados abastecem alguns postos. Há mais de uma semana com o caminhão encostado, Orlando tem passado as manhãs na cozinha improvisada pelos caminhoneiros. No espaço coberto com uma tenda entre os veículos agrupados próximo à rodovia BR 116, os motoristas preparam refeições, compartilham mensagens no celular, discutem os rumos da paralisação, que entra no nono dia nesta terça-feira (29/05).

"EUA aprovam aquisição da Monsanto pela Bayer"

Símbolo da Bayer e da MonsantoGigante química e farmacêutica alemã terá de vender ativos no valor de 9 bilhões de dólares, incluindo negócios com sementes e herbicidas. Fusão criará maior empresa mundial do setor. A autoridade antitruste dos Estados Unidos aprovou a aquisição da empresa agroquímica americana Monsanto pela alemã Bayer, afirmou nesta terça-feira (29/05) o Departamento de Justiça dos EUA. Condições, porém, foram impostas à gigante química e farmacêutica alemã para a autorização. Para obter a aprovação, a Bayer concordou em vender parte de seus negócios.

"Conselho de Ética arquiva processo do Psol contra Alberto Fraga"

Por 10 votos a 1, o Conselho de Ética da Câmara dos Deputados arquivou o processo de quebra de decoro contra o deputado Alberto Fraga (DEM-F), apresentado pelo Psol.
Em março, o deputado publicou em sua página da rede social Twitter informações falsas sobre a vereadora Marielle Franco, que havia sido assassinada dois dias antes da postagem. No texto da denúncia, o Psol alega que o deputado abusou de suas prerrogativas constitucionais quando propagou notícias mentirosas.
Alex Ferreira/Câmara dos Deputados
Apresentação do Plano de Trabalho. Dep. Adilton Sachetti (PRB - MT)
O relator do processo, Adilton Sachetti, deu parecer favorável ao arquivamento
Fraga lembrou que o que estava em discussão não era o crime contra a vereadora Marielle e que, após a postagem, admitiu o erro em rede nacional.
"Eu falei pra quase cem milhões de pessoas, dizendo que eu tinha cometido um erro, dizendo que eu tinha me equivocado e, como um coronel, eu teria que ter checado as informações, como um policial. Então eu fiz as desculpas necessárias", disse Fraga.
O relator do processo, deputado Adilton Sachetti (PRB-MT), recomendou que a denúncia fosse arquivada.

"Anatel diz estar pronta para evitar falhas em serviços de telecomunicações por causa da greve dos caminhoneiros"

O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Juarez Quadros, disse nesta terça-feira (29), em audiência pública na Câmara dos Deputados, que equipes da Anatel estão mobilizadas e têm estratégias de segurança para evitar interrupções de serviços de comunicação no Brasil em decorrência da greve dos caminhoneiros. Segundo ele, até agora não houve nenhum problema desse tipo, mas a situação não deixa de ser preocupante e é necessário que a crise seja resolvida.
Alex Ferreira/Câmara dos Deputados
Audiência pública sobre o panorama atual das telecomunicações no Brasil e a visão de futuro da regulação setorial.  Presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), JUAREZ QUADROS DO NASCIMENTO
Juarez Quadros: "Há uma equipe significativa acompanhando os desdobramentos da crise. Até este momento, não aconteceu nenhuma interrupção"
O debate, que teve como tema o panorama atual das telecomunicações no Brasil, foi promovido por iniciativa do presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, deputado Goulart (PSD-SP). Durante a reunião, o deputado Sandro Alex (PSD-PR) questionou o presidente da Anatel sobre os boatos a respeito de supostas falhas nas telecomunicações do País provocadas pela greve.
“Corremos realmente o risco de termos corte de comunicações no País?

"Governo deve estudar medidas para reduzir flutuação nos preços dos combustíveis"

O ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, afirmou em comissão geral na Câmara dos Deputados que será estudada uma proposta para reduzir a volatilidade dos preços dos combustíveis para o consumidor. Para isso, informou, será necessário modificar a estrutura tributária incidente sobre esses produtos, que envolve tributos federais – PIS/Cofins e Cide – e o principal imposto estadual, o ICMS.
Luis Macedo/Câmara dos Deputados
O preço dos combustíveis no Brasil
Moreira Franco: para diminuir variação dos preços, será preciso alterar estrutura tributária incidente sobre combustíveis
Antes do debate proposto pelo deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA), os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício Oliveira, defenderam a atuação do Congresso na busca de soluções negociadas para o movimento dos caminhoneiros, que reclamam dos reajustes diários no preço do diesel. Parte da categoria aceitou proposta do Executivo, que prevê congelamento por 60 dias e depois reajustes mensais, mas outros caminheiros mantêm bloqueios nas estradas há nove dias.

"Em comissão geral na Câmara, setor agropecuário mostra preocupação com greve dos caminhoneiros"

Representantes do agronegócio presentes na comissão geral da Congresso Nacional sobre a crise provocada pela greve dos caminhoneiros manifestaram preocupação com a continuidade do movimento de paralisação dos transportes de carga em todo o País. 
Luis Macedo/Câmara dos Deputados
O preço dos combustíveis no Brasil
Plenário se transformou em comissão geral para debater a crise provocada pela greve dos caminhoneiros
Presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, a deputada Tereza Cristina (DEM-MS) fez um apelo aos caminhoneiros.
"Gostaríamos de pedir que deixem esses setores que carregam o Brasil nas costas poderem trabalhar, dar emprego e não deixar que o abastecimento da população brasileira seja mais prejudicado do que já temos hoje."
Álcool
Diretora da União da Indústria da Cana-de-Açúcar, Elizabeth Farina ressaltou as consequências da paralisação para o setor. "A partir de hoje não teremos mais nenhuma usina de cana-de-açúcar operando, então encerra-se a produção de um combustível brasileiro que tem ajudado a limitar o aumento de preço de gasolina”, afirmou.

terça-feira, 29 de maio de 2018

"CPI: Maluf assume interinamente presidência da CPI do Fethab e Fundeb"

Em reunião nesta terça-feira (29), os membros da CPI aprovaram requerimentos solicitando documentos ao TCE e à Sinfra e alteraram a data da oitiva do presidente da AMM. O deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) assumiu interinamente a presidência da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga desvios de recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).