CASA DOMINGOS

CASA DOMINGOS
Grandes marcas, com produtos de qualidade Av. Feb 861 Bairro: Manga Cep: 78.110-798 - Varzea Grande

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT, 78049-901 Telefone: (65) 3313-6900

Programa da Gente

Programa da Gente
De segunda a sexta-feira das 10:00 ás 11:00 horas

TCE MT GESTÃO NOTA 10

"NOBRES:Feliz Natal e Próspero Ano Novo!

"NOBRES:Feliz Natal e Próspero Ano Novo!

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

"Governo de Rondônia demonstra interesse em implantar caravana local"

Estado vizinho é o quarto a conhecer o modelo de funcionamento da Caravana da Transformação. Pará, Goiás e Tocantins já conheceram ação implantada em Mato Grosso. O Governo do Estado de Rondônia enviou nesta quarta-feira (20.09) a Mato Grosso uma comitiva para conhecer todos os detalhes do funcionamento da Caravana da Transformação. Sucesso em Mato Grosso, o governador de Rondônia Confúcio Moura manifestou ao governador Pedro Taques o interesse em realizar o projeto em seu Estado. Para isso, enviou uma equipe comandada pelo secretário de Estado de Saúde de Rondônia, Willames Pimentel. Todos os detalhes do funcionamento foram repassados pelo secretário de Governo e coordenador-geral da caravana, José Arlindo de Oliveira, em reunião com a equipe técnica da organização local. Logo que chegou ao Centro de Eventos de Juína, que recebe a 9ª edição da iniciativa, o secretário Pimentel destacou o tamanho da estrutura de quase 10 mil metros quadrados. Destacou que a Caravana da Transformação já ultrapassou as fronteiras de Mato Grosso, sendo vista como um modelo para outros estados. Segundo ele, Rondônia quer copiar o modelo adotado no estado porque reconhece o sucesso. “O governador Confúcio Moura determinou que estivéssemos aqui para conhecer como funciona e colocar em prática no estado de Rondônia este modelo, que é um sucesso de transformação social e leva dignidade. Num momento em que passamos por tantas crises, o Estado de Mato Grosso inova e leva assistência social, humanização e tratamento. Isso aqui é fortalecer a cidadania para que as pessoas se sintam fortes e capazes para superar os desafios da vida”, afirmou. Segundo o secretário, Rondônia tem hoje uma fila de seis mil pessoas à espera de cirurgia de catarata. No entanto, acredita que a demanda é bem maior, uma vez que as pessoas que estão na fila virtual são as que já passaram por um oftalmologista e foi diagnosticado com a doença que causa opacidade total ou parcial do cristalino, lente natural do globo ocular, responsável pela focalização da visão. Conta que houve uma tentativa de contratar empresa que pudesse prestar o serviço com os valores previstos na tabela do Sistema Único de Saúde (SUS). No entanto, não houve sucesso no certame do estado vizinho. Enquanto isso, Mato Grosso paga R$ 643 por cada cirurgia de catarata e R$ 10 por cada consulta feita na Caravana da Transformação. O coordenador-geral da Caravana da Transformação, José Arlindo Oliveira, explicou num primeiro momento a forma de organização da caravana. Destacou que a equipe é pequena e consiste em quatro coordenadorias, sendo elas: coordenação de estrutura e logística; coordenação de segurança; coordenação de saúde e a coordenação executiva, que faz a articulação com secretarias e parceiros. Apesar da equipe enxuta, Arlindo ressaltou que o sucesso se dá pelo envolvimento de todas as outras secretarias e gabinetes. “O governador Pedro Taques me pediu para tirar todas as dúvidas da equipe de Rondônia, nosso modelo é um sucesso e outros estados já podem replicar com segurança”, disse Arlindo. O secretário mato-grossense destaca que além do importante trabalho em saúde, durante da Caravana da Transformação, o Governo do Estado tem a oportunidade de oferecer seus serviços à população, por vezes, restritos aos municípios de grande porte. “Aqui também é uma oportunidade do governador dialogar com à população local, lançar importantes obras e debater temas importantes como segurança pública com os conselhos regionais e também reuniões ampliadas com prefeitos e vereadores da região. O governador Pedro Taques gosta de dizer que é o Estado sob rodas”, contou. Arlindo destacou que ainda que o custos com a caravana é pequeno diante da economia que ela gera e em relação aos benefícios que leva à população, a estrutura de uma caravana com duração de dez dias gira em torno de R$ 1 milhão. Os atendimentos em cirurgia nestes dias pode ultrapassar 3 mil. Nas nove edições a Caravana da Transformação já realizou 26 mil cirurgias oftalmológicas, 48 mil consultas, 294 mil procedimentos oftalmológicos, 198 mil atendimentos em cidadania e outros 7 mil documentos emitidos.

Thiago Andrade | Gcom-MT Fotos: Francisco Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário