Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

MRV ENGENHARIA

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

ABAV EXPO 2018 Conecta

ABAV EXPO 2018 Conecta
Av. Olavo Fontoura, 1209 - Portão 1 - Santana, São Paulo - SP E-mail: visit@abavexpo.com.br

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

"No combate a Aids, escolas poderão instituir campanha Dezembro Vermelho"

O Governo de Mato Grosso deverá instituir a campanha Dezembro Vermelho. Objetivo é alertar estudantes sobre os riscos de contaminação da AIDS/HIV - Síndrome de Insuficiência Imunológica Adquirida, que ataca as células responsáveis pela defesa do organismo, deixando a pessoa mais vulnerável a doenças oportunistas. Para entrar em vigor essa proposta será avaliada pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, antes da votação em Plenário. De autoria do presidente da ALMT, deputado Eduardo Botelho (PSB), a proposta deverá ser consolidada através das secretarias de Estado de Saúde e de Educação, com campanhas que esclareçam os adolescentes, sobre as formas de transmissão, detecção e tratamento, necessitando de ampla divulgação em toda a rede pública de ensino. “Dezembro Vermelho nas Escolas é uma proposta que está alicerçada nos artigos 196 e 197 da Constituição Federal, que dispõe sobre os direitos do cidadão à saúde, sendo dever do Estado, garantir políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doenças. Dessa forma, cabe ao poder público dispor sobre a regulamentação, fiscalização e controle dessa campanha”, defende Botelho. Alerta sobre a importância do projeto, que poderá ajudar, inclusive, possíveis casos entre alunos ou familiares, conduzindo para o tratamento, que deverá contar também com parcerias entre hospitais e outros segmentos da sociedade.

Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário