CASA DOMINGOS

CASA DOMINGOS
Grandes marcas, com produtos de qualidade Av. Feb 861 Bairro: Manga Cep: 78.110-798 - Varzea Grande

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT, 78049-901 Telefone: (65) 3313-6900

Programa da Gente

Programa da Gente
De segunda a sexta-feira das 10:00 ás 11:00 horas

TCE MT GESTÃO NOTA 10

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

"Número de mortos em terremoto no México sobe para 90"

Equipes de resgate usam cães para procurar sobreviventes entre escombros em JuchitanAutoridades em Oaxaca corrigem o balanço de mortos no estado de 46 para 71. Voluntários procuram vítimas entre os escombros da região. Tremor de magnitude 8,2 foi o mais forte a atingir o país em quase um século. Autoridades no estado de Oaxaca disseram na madrugada de sábado para domingo (10/09) que o número de mortos na região passou de 46 para 71. A soma com as 15 pessoas mortas no estado de Chiapas e as quatro em Tabasco eleva a cifra total de mortes no país para 90.
"O poder da natureza pode ser destrutivo, mas o poder da unidade e da solidariedade dos mexicanos é muito maior", afirmou no sábado o presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, depois de visitar a zona do terremoto. O sismo, de magnitude 8,2 – o mais forte a atingir o México em quase um século – atingiu a costa do estado de Chiapas na quinta-feira, deixando centenas de edifícios em ruínas e provocando múltiplas réplicas. O Serviço Sismológico Nacional (SSN) indicou no seu relatório mais recente que até a meia-noite do sábado aconteceram 846 réplicas do tremor da noite de quinta-feira.Juchitan, em Oaxaca, sofreu alguns dos piores danos no país. Trinta e sete pessoas morreram na cidade, de 98 mil habitantes. Equipes de voluntários buscam sobreviventes entre os escombros. Os voluntários, também conhecidos como "topos", são especializados no trabalho pós-terremoto, tendo sido formados pela primeira vez após o terremoto que atingiu a Cidade do México em setembro de 1985, quando um tremor de magnitude 8,1 deixou milhares de edifícios em ruínas e matou cerca de 10 mil pessoas, causando danos de bilhões de dólares. O epicentro do terremoto de quinta-feira foi a 700 quilômetros da capital. A distância, juntamente com medidas de segurança melhoradas nos edifícios em sequência do desastre de 1985, asseguraram que a capital tenha sido pouco afetada pelo tremor de quinta-feira.
MD/efe/dpa/cp

Nenhum comentário:

Postar um comentário