Mato Grosso Previdência

Mato Grosso Previdência
Av. Dr. Helio Ribeiro, 487, Edifício Concorde - Térreo Bairro: Residencial Paiaguás CEP 78048-250 - Cuiabá - MT Telefone Geral: (65) 3363.5300 Disque Servidor: 0800 647 3633

CÂMARA MUNICIPAL DE NOVA MUTUM

CÂMARA MUNICIPAL DE NOVA MUTUM
Horário de atendimendo: Manhã: das 08:00 ás 11:00 Tarde: das 13:00 ás 17:00 Telefone: (65) 3308-6000 Ouvidoria: 0800 647 6022

Cuiabá Humanizada

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

"Pronto-Socorro de Várzea Grande inaugura Rede Cegonha com apoio do Estado"

O Pronto-Socorro de Várzea Grande, que atualmente realiza 20 partos por mês, passará a ter de 180 a 200 nascimentos mensais com a inauguração de três salas de partos e enfermaria da Rede Cegonha, equipadas com 12 leitos. O hospital também ganhou um Centro Cirúrgico com três salas e uma UTI Adulta. O investimento realizado para a construção das novas alas foi de R$1,8 milhão com recursos do governo do Estado de Mato Grosso, prefeitura municipal, emendas parlamentares e Ministério da Saúde. A solenidade de entrega aconteceu nesta sexta-feira (15.09) e contou com a presença do governador Pedro Taques. A prefeita Lucimar Campos destacou que Várzea Grande, cujo Pronto-Socorro realiza cerca de 500 atendimentos por mês e atende pessoas de toda a região, será uma referência na área de saúde dentro de Mato Grosso. “Hoje estamos inaugurando a nossa Rede Cegonha, fazendo com que a mulher várzea-grandense tenha o seu nome, seu lugar, sua dignidade e possam ter suas crianças nascidas aqui em nosso município”. A inauguração é um grande ganho pois vão nascer mais várzea-grandenses a partir de hoje, avaliou Ney Provenzano, diretor do Pronto-Socorro municipal. “Nós estamos procurando humanizar o atendimento. A Rede Cegonha envolve toda assistência básica, secundária e primária, está tudo interligado. Aqui teremos o grande desfecho, que será o parto humanizado. Temos uma equipe qualificada de enfermagem e de médicos, mas estaremos capacitando cada vez mais nossos colaboradores”. Um dos futuros bebes que nascerão no município é a filha de Laura Yana Bessas de Campos, grávida de 6 meses. “A equipe aqui é maravilhosa. É uma grande mudança um presente para todos nós, moradores de Várzea Grande e da região. Foi tudo muito bem feito, pensando com muito carinho em toda família. Estou planejando para que minha bebe nasça aqui, conheço a equipe sei que as mães terão partos tranquilos, humanos e com muita dignidade”, diz a psicóloga, que trabalha no hospital. O evento contou com um grande número de populares, que comemoraram a conquista. A diretora de Humanização do Pronto Socorro, Jacqueline Miliosi, resumiu o sentimento da população. “Estamos inaugurando o tão sonhado centro de parto normal da Rede Cegonha. Como mãe, como mulher, é o princípio de uma nova era para nós”, celebrou. Durante a solenidade, o governador Pedro Taques destacou que as inaugurações são motivos de alegria, pois ampliam a quantidade de atendimento e colaboram para a qualidade da saúde no Estado. Taques aproveitou a ocasião para parabenizar a administração de Várzea Grande pelos investimentos realizados na cidade. “Quero cumprimentar a prefeita Lucimar Campos, o vice José Hazama, vereadores e secretários que mostram que é possível fazer a coisa certa. É uma honra para nós, do Estado de Mato Grosso, estarmos juntos ajudando a administrar muito bem esse município”.

Investimento Estadual

O governo estadual repassará mensalmente ao município de Várzea Grande R$ 5.046.675,49 de recursos próprios. Serão R$ 1,3 milhão para os serviços de atenção ao hospital de referência, de média e alta complexidade; R$ 433 mil no custeio de UTI para a habilitação de 20 novos leitos; R$ 52.352,00 para a atenção básica; R$ 8.500 para a regionalização; R$ 52.823 para a farmácia básica e R$ 3,2 milhões para o Hospital Metropolitano. Já os recursos do Ministério da Saúde, que serão repassados ao município por meio do Governo do Estado, são de R$ 516 mil/mês para a rede de urgência e emergência e R$ 52.770 para o custeio mensal da Rede Cegonha, além de R$ 250 mil repassados para a reforma dos leitos.

Renata Prata | Gcom-MT

Nenhum comentário:

Postar um comentário