Cuiabá Bom de Bola

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Endereço: Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT, CEP.:78049-901

CÂMARA MUNICIPAL de RONDONÓPOLIS - Presidente Rodrigo da Zaeli (PSDB)

CÂMARA MUNICIPAL de RONDONÓPOLIS - Presidente Rodrigo da Zaeli (PSDB)
Endereço RUA CAFELÂNDIA, 434 Bairro: LA SALLE RONDONÓPOLIS - CEP 78.710-050 - MT

A Assembleia Legislativa do Mato Grosso criou um aplicativo inovador para ajudar os cidadãos MT

CENSO AGRO 2017

CENSO AGRO 2017
"Juntos,vamos colher resultados para o Brasil

terça-feira, 31 de outubro de 2017

"Câmara aprova interligação entre os rios Preto e Tocantins"

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara aprovou o Projeto de Lei 6569/13, do deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE), que prevê a interligação entre os rios Preto (BA) e Tocantins.

A proposta tramitou em caráter conclusivo e pode seguir para análise do Senado Federal.

O rio Preto está vinculado à bacia do Rio São Francisco. O rio Tocantins, por sua vez, percorre os estados de Goiás, Tocantins, Maranhão e Pará, até a sua foz no golfo Amazônico - próximo a Belém.

Segundo o autor, o objetivo é assegurar a navegação desde o rio São Francisco ao rio Amazonas. “Restabelecer a navegação fluvial e a regularização hídrica do rio São Francisco, para facilitar o fluxo de produção dos ribeirinhos são franciscanos com as cidades de Goiás, sediadas na margem direita ao rio Tocantins”, justificou o parlamentar.

A versão aprovada é um substitutivo do relator, deputado Tadeu Alencar (PSB-PE), para melhorar a técnica legislativa. Ele alterou diretamente o texto da lei em vigor – Plano Nacional de Viação (Lei nº 5.917/73) – para inclusão da nova interligação de bacias.

Deputados avaliam que essa interligação seria uma solução para resolver com mais rapidez o problema da seca no Nordeste. As novas águas aumentariam a vazão do rio São Francisco, cujos níveis estão baixos em decorrência de um longo período de estiagem. Especialistas afirmam que a transposição pretendida não afetaria o rio Tocantins e ainda melhoraria a navegabilidade no São Francisco.
Reportagem - Emanuelle Brasil
Edição - Geórgia Moraes

Nenhum comentário:

Postar um comentário