Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

ANUNCIE AQUI!

ANUNCIE AQUI!
SUA EMPRESA COM MAIS VISIBILIDADE E VENDA

Conecte na ALMT

AJUDE ESTA CAUSA

AJUDE ESTA CAUSA
SANTA CASA DE CUIABÁ | (65) 3051-1946

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411-3500

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Jornalistas e professores de jornalismo reivindicam piso salarial para concurso de assessor de imprensa da Câmara de Barra do Garças"

Jornalistas e professores de jornalismo reivindicam piso salarial para concurso de assessor de imprensa da Câmara de Barra do GarçasNa tarde de segunda-feira (30/10) professores da UFMT e jornalistas de Barra do Garças se reuniram com o presidente da câmara, vereador Miguelão (PSB), para reivindicar o piso salarial da categoria no concurso da Câmara de Barra do Garças. Jornalistas e professores de jornalismo reivindicam piso salarial para concurso de assessor de imprensa da Câmara de Barra do Garças. O edital prevê salário de R$ 1.021,85 para assessor de imprensa com formação superior em Jornalismo ou Comunicação Social. Os jornalistas pedem para que o edital seja retificado, reajustando o salário para o piso da categoria no Estado que atualmente é de R$ 2.400,00. Para o professor do curso de jornalismo da UFMT-Araguaia, Jorge Arlan de Oliveira Pereira, os jornalistas buscam a valorização da categoria no município. “Não temos a correspondente valorização dos jornalistas em Barra do Garças. Essa reivindicação busca mudar a perspectiva salarial do jornalista em nossa cidade e, tendo o reconhecimento do Poder Legislativo ajuda na construção de melhores condições salariais”. O presidente da câmara, vereador Miguelão, disse que enviará para a sessão dessa segunda- feira o projeto de lei que altera os vencimentos do cargo de assessor de imprensa. “Estou encaminhado para o jurídico ver a viabilidade de podermos ler e votar na noite de hoje esse projeto, para que dê tempo para a sanção e retificação do edital do concurso”.
Konrad Felipe

Nenhum comentário:

Postar um comentário