CASA DOMINGOS

CASA DOMINGOS
Grandes marcas, com produtos de qualidade Av. Feb 861 Bairro: Manga Cep: 78.110-798 - Varzea Grande

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT, 78049-901 Telefone: (65) 3313-6900

Programa da Gente

Programa da Gente
De segunda a sexta-feira das 10:00 ás 11:00 horas

TCE MT GESTÃO NOTA 10

"NOBRES:Feliz Natal e Próspero Ano Novo!

"NOBRES:Feliz Natal e Próspero Ano Novo!

sábado, 25 de novembro de 2017

"A Frente Parlamentar Mista para Refugiados e Ajuda'

nota. egito. atentadoHumanitária e a ANAJURE – Associação Nacional de Juristas Evangélicos, por seus respectivos representantes, vem, através do presente expediente, expor ao Governo Brasileiro, à Comunidade Internacional e, sobretudo, ao Governo e à população civil da República Árabe do Egito, as suas condolências e o seu repúdio com relação ao que adiante se explicita: 1) De acordo com fontes internacionais, na manhã de hoje (24/11), ocorreu mais um atentado terrorista na região norte da Penísula do Sinai, no Egito.
O atentado ocorreu na cidade de Bir al-Abed, quando dezenas de homens armados invadiram uma mesquita durante as orações matinais de sexta-feira. Os terroristas detonaram explosivos no local e impediram a saída das pessoas que estavam lá, atirando nos que tentavam fugir. A maioria dos fiéis que estavam presentes no local eram do ramo sufi do Islã, considerado por muitos radicais como sendo uma seita herética[1]. 2) No total, cerca de 100 pessoas ficaram feridas e mais de 230 foram mortas, podendo ser considerado um dos atentados terroristas mais letais da história do Egito. A autoria do ataque ainda é desconhecida. Entretanto, acredita-se que tenha sido de grupos terroristas leais ao Estado Islâmico. Nos últimos dias, atentados terroristas têm sido comuns na região do Sinai, tendo como alvo principalmente policiais e cristãos. 3) De acordo com um jornal egípcio, cerca de 2100 pessoas foram mortas no Sinai desde 2015. Dentre eles, 1800 são consideradas “terroristas” pelos militares, 150 civis, 40 policiais e 140 militares[2]. 4) Em maio, Homens armados mataram 26 cristãos coptas e feriram outros 25, ao atacarem dois ônibus e uma caminhoneta com destino a um Mosteiro na região próxima à cidade de Mínia[3]. Além disso, desde dezembro de 2016, mais de 70 cristãos egípcios foram mortos em atentados realizados pelo grupo terrorista Estado Islâmico, sendo os últimos os bombardeios em Igrejas das cidades de Tanta e Alexandria, em abril desse ano, durante a Páscoa[4]. Em 2015, o grupo também requereu a autoria da derrubada de um avião russo que sobrevoava o Sinai, deixando 224 mortos. 5) Desse modo, expressamos o nosso profundo repúdio a todos esses atos de violência que vêm sendo cometidos no Egito, principalmente contra o direito à liberdade religiosa. Condenamos também todas as tentativas de grupos radicais islâmicos de instrumentalização da violência a fim de promover o caos e assim desestabilizar o atual governo. 6) Oferecemos também as nossas condolências a todos os amigos e familiares das vítimas, bem como à toda a população egpícia. Cremos que esses atos de violência são dirigidos à nação em sua totalidade, não apenas a alguns indivíduos. Por isso, pedimos ao governo egípcio que reitere o seu compromisso com a luta pela liberdade religiosa e adote medidas necessárias para evitar o terrorismo e a violência no país. O Egito é um dos países mais importantes do Oriente Médio e Norte da África e desejamos que torne-se um referencial para toda a região na proteção e promoção das liberdades civis individuais. 7) Por fim, pedimos ao governo brasileiro que, por meio do Ministério das Relações Exteriores – Itamaraty, manifeste-se repudiando os atentados. O Brasil é um país diverso e multicultural, no qual todos os credos e matizes religiosos têm o seu direito à liberdade religiosa assegurados por lei, por isso é imprescindível que busque promover essa tolerância também em âmbito internacional, sobretudo diante dos fatos recentes.
Brasília- DF– Brasil, 24 de novembro de 2017
Deputado Federal Leonardo Quintão
Presidente
Frente Parlamentar Mista para Refugiados e Ajuda Humanitária

Dr. Uziel Santana dos Santos
Presidente
Associação Nacional de Juristas Evangélicos –(ANAJURE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário