Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

MRV ENGENHARIA

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

ABAV EXPO 2018 Conecta

ABAV EXPO 2018 Conecta
Av. Olavo Fontoura, 1209 - Portão 1 - Santana, São Paulo - SP E-mail: visit@abavexpo.com.br

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

"Bezerra vê regulamentação do CRA como primordial para a economia"

Resultado de imagem para dep carlos bezerraA regulamentação do Certificado de Recebíveis do Agronegócio (CRA) é vista pelo deputado Carlos Bezerra (PMDB) como fonte de financiamento primordial para manter o crescimento acelerado da agropecuária brasileira. O Certificado de Recebíveis do Agronegócio é um título de renda fixa oferecido ao mercado com o objetivo de financiar o setor agrícola. Tem semelhança com a Letra de Crédito do Agronegócio, mas, ao contrário dessa, não é emitido por bancos, e sim por instituições securitizadoras, empresas especializadas em converter dívidas em títulos lastreáveis. O CRA é apontado como o investimento em renda fixa que mais cresceu no ano passado, mas ainda carente de normas específicas que assegurem seu bom funcionamento. Em artigo no jornal Valor Econômico, o advogado Cauê Bocchi aponta que o agronegócio representa mais de 20% do Produto Interno Bruto brasileiro, observou ele, e o setor imobiliário, 8%. No entanto, o estoque de Certificados de Recebíveis Imobiliários já atinge R$ 72 bilhões, enquanto o de Certificados de Recebíveis do Agronegócio soma R$ 21 bilhões, ou seja, menos de um terço.
Recorde histórico
Mesmo sem regras específicas, o CRA captou R$ 4,8 bilhões em 2016, atingindo seu recorde histórico. “Isso demonstra o interesse dos investidores, que faz jus, aliás, à importância crescente do agronegócio na economia nacional.”, observa Bezerra. Em 2016, o PIB da agropecuária aumentou 4,48%. No primeiro trimestre deste ano, 13,4%. O setor responde por quase metade das exportações do País, e só no ano passado garantiu um saldo comercial de 72,5 bilhões de dólares. Estudos indicam que no período de 2016 a 2026 o desempenho brasileiro em produtos importantes, como soja, milho, açúcar e carnes, deve ser superior à média mundial, levando ao aumento da presença do Brasil no mercado global.
Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário