CASA DOMINGOS

CASA DOMINGOS
Grandes marcas, com produtos de qualidade Av. Feb 861 Bairro: Manga Cep: 78.110-798 - Varzea Grande

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT, 78049-901 Telefone: (65) 3313-6900

Programa da Gente

Programa da Gente
De segunda a sexta-feira das 10:00 ás 11:00 horas

TCE MT GESTÃO NOTA 10

"NOBRES:Feliz Natal e Próspero Ano Novo!

"NOBRES:Feliz Natal e Próspero Ano Novo!

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

"Primavera do Leste: Com 69% dos votos válidos, Leonardo Bortolin é eleito prefeito"

O candidato Leonardo Bortolin (PMDB) foi eleito o novo prefeito de Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, neste domingo (19), durante a eleição suplementar realizada no município. Conforme o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), ele recebeu 17.608 votos, o que equivale a 69,25% do total de votos válidos. Bortolin, que já respondia interinamente pela prefeitura daquele município desde a saída do prefeito cassado Getúlio Viana (PSB) por ser presidente da Câmara de Vereadores, terá como vice Sérgio Luiz Fava (PR).
Juntos, eles formaram a coligação “A Renovação Que Une”. A apuração foi encerrada às 18h19 [horário de Mato Grosso] e oito pessoas foram conduzidas para a delegacia, sendo quatro fiscais de coligação por terem permanecido em local proibido, mesmo após orientação dos mesários; três por prática de boca de urna e um eleitor por ter usado o celular para fazer uma fotografia dentro da cabine de votação. Segundo o TRE, o presidente municipal do Partido Verde, Carlos Alberto Barros, foi um dos conduzidos à delegacia, por suspeita de prática de boca de urna. Além destes, o juiz determinou abertura de procedimento contra dois mesários que se recusaram a cumprir suas obrigações, ainda que convocados pela Justiça Eleitoral. Ao todo 27.883 eleitores compareceram para votar, de um total de 39.932 cadastrados no município. Ou seja, 30,17% dos eleitores deixaram de comparecer às urnas. Do total, 3,27% dos eleitores votaram em branco e 5,54% anularam o voto. Para a realização da eleição no município, a Justiça Eleitoral contou com um orçamento de R$ 120 mil. 
Eleição suplementar
A eleição suplementar foi convocada após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manter a impugnação do registro de candidatura do então prefeito eleito Getúlio Viana (PSB).

Nenhum comentário:

Postar um comentário