Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

MRV ENGENHARIA

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

ABAV EXPO 2018 Conecta

ABAV EXPO 2018 Conecta
Av. Olavo Fontoura, 1209 - Portão 1 - Santana, São Paulo - SP E-mail: visit@abavexpo.com.br

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

"Universidade Federal de Rondonópolis vence mais uma etapa na Câmara"

Resultado de imagem para dep carlos bezerraO deputado Carlos Bezerra (PMDB-MT) comemorou ontem a aprovação, pela Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, do projeto de lei de sua autoria que cria a Universidade Federal de Rondonópolis, por desmembramento de campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).A luta transcorre há mais de dez anos, sendo uma das prioridades de Bezerra desde que assumiu o mandato, em 2007. A indicação, de autoria do deputado Carlos Bezerra (INC-219) foi encaminhada ao Poder Executivo em 21 de março de 2007. O parecer do relator na CFT, deputado Aelton Freitas (PR-MG), ao projeto de lei do Poder Executivo (5.273/16), foi pela compatibilidade e adequação financeira e orçamentária. Bezerra lembra que participou, em Rondonópolis, do comitê de criação da Universidade, composto por vários segmentos da sociedade local, desde sua formação. “A autonomia da universidade será uma conquista da sociedade rondonopolitana!”, disse Bezerra. Carlos Bezerra foi o relator na Comissão de Constituição e Justiça, onde conseguiu que a matéria fosse analisada em regime de urgência. Bezerra acrescentou ainda que praticamente toda a bancada federal, deputados estaduais e vereadores do município se dedicaram a esse pleito.
Polo econômico
O deputado destaca que, com a autonomia, a Universidade de Rondonópolis vai poder contribuir com mais força para a região, que se destaca como o segundo maior polo econômico e populacional de Mato Grosso, com mais de 30 municípios e cerca de 500 mil habitantes. “Vamos, agora, para a conquista da emancipação cultural e também científica!”, ressaltou Bezerra. A Universidade já nascerá com infraestrutura. A instituição possui mais de quatro mil alunos, 279 professores, cursos de graduação, mestrado e doutorado. Com a indicação encaminhada por Bezerra, o Ministério da Educação emitiu parecer favorável à autonomia, e dependia apenas de autorização da Presidência de República.
Arlindo Teixeira Jr.

Nenhum comentário:

Postar um comentário