A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.

A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.
Av. Historiador Rubens de Mendonça, 2.368 - Sala 104 Bosque da Saúde - Cuiabá-MT - 78050-000 comercial@expovarejo.com.br | Fone: (65) 3057-5200

Iguá Saneamento

Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Vivência com o povo Xavante, 6 a 12 de Julho de 2018

Vivência com o povo Xavante, 6 a 12 de Julho de 2018
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Greenpeace no Brasil

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

"Usuários aprovam Estação e destacam novo espaço como início de transformação no transporte público"

A previsão é de que outras regiões da capital recebam pontos semelhantes ao da Estação Alencastro. Inaugurada na última sexta-feira (5) com uma estrutura sustentável, movida à energia solar, toda adaptada para o conforto e segurança da população, marcando, segundo o prefeito Emanuel Pinheiro, a revolução do sistema de transporte público da Capital, a Estação Alencastro está sendo bem avaliada pelos usuários que já circulam pelo novo espaço nestes três dias de funcionamento. Destacando a comodidade, bem-estar e segurança como pontos principais, os usuários agradeceram ao prefeito pela obra. De acordo com o motorista de Instrução, Saulo da Silva, que aguardava seu ônibus na manhã desta segunda-feira (8) em umas das paradas de embarque, a Estação foi um projeto não só para ‘enfeitar’ Cuiabá, como muitos pontuaram, mas chegou para alavancar avanços à cidade, principalmente na área de transporte, que tanto necessita de cuidados. “Muito boa. Creio que este novo ponto de ônibus é o começo para uma nova era em Cuiabá em se tratando de transporte público, que quase nunca recebe atenção dos gestores. Emanuel está de parabéns pela bem-feitoria. Sabemos que não é fácil exercer a transformação e que ele não vai conseguir isso de um dia para o outro, mas já é um bom começo. Estamos no caminho,” avaliou Saulo, que fez ainda uma ressalva à questão da conscientização como ponto crucial para que a cidade alcance todas as melhorias. “Não adianta somente o Poder Público fazer. As pessoas precisam ter uma conscientização do uso do novo ponto. Precisam compreender que sem isso não há transformação. Se recebemos uma bem-feitoria e não cuidamos dela, o processo estagna. A equipe começa a trabalhar somente em obras de reparos dos danos causados pelo descuido. Precisamos mudar essa cultura de que somente o gestor tem responsabilidades. Todos fazem parte do processo e todos precisam compreender que quando recebemos algo assim, significa o retorno do nosso dinheiro em forma de melhorias para nosso dia a dia,” alertou o motorista. Em visita à Estação na manhã deste domingo (7), o prefeito ficou muito satisfeito com a receptividade que recebeu dos que utilizam o local. “As pessoas querem ser enxergadas. E em toda minha caminhada como gestor público, aprendi que esse é o ponto para chegarmos aos resultados positivos e que realmente vão levar as melhorias necessárias aos mais carentes. Nos deparamos pela cidade com abrigos sem conforto nenhum, e uma das metas é eliminar esta situação. Meu objetivo é ver nossa gente feliz, bem cuidada, vivendo com dignidade,” disse Pinheiro. Segundo o diretor de Transporte da Secretaria de Mobilidade Urbana, Nicolau Budib, a equipe está em constantes visitas no novo espaço, “para analisar o comportamento dos usuários, escutá-los e assim, promover as adequações necessárias, visto que é uma semana de adaptação,” observa o diretor. Horários de funcionamento - A Estação começa seu funcionamento junto com o inicio da circulação das linhas, às 5 horas da manhã e finaliza às 23h30. A parada conta com quatro agentes, por turno, para orientar os usuários, que podem carregar seus cartões transporte em um dos três guichês instalados no local. Além do quadro de agente, fiscais da MTU também se encontram no local para melhor atender aos usuários. O fluxo de percursos da estação será elevado nos horários de pico. Das 6h às 8h, cerca de 100 viagens serão feitas. Entre às 11h e 13h, 71 serão realizadas, enquanto ao final do dia, mais precisamente entre às 16h e 18h, o número volta a crescer, atingindo aproximadamente 85 corridas. A Estação Alencastro receberá mais de 150 mil passageiros por mês, com uma frota de 54 veículos, distribuídos por 14 linhas, sendo ponto de parada mais utilizado pelos usuários que contam com o transporte público para se direcionar a locais como o Santa Amália, Terminal do CPA I, Grande Terceiro, Terminal Antártica, Jardim Gramado, Santa Terezinha, Pedra 90, entre outros. “Tivemos um aumento no que diz respeito às linhas. Antes, o projeto era anteder as nove linhas que já faziam paradas aqui. Agora, a estação recebe mais cinco linhas, que são as que faziam parada no ponto abaixo (lateral da loja Riachuelo),” explica Nicolau. Expansão – A previsão é pelo menos mais nove localidades da Capital, como na região da Ipiranga, recebam modelo de pontos iguais ao da Estação. Além desses, 600 abrigos de Cuiabá vão receber ainda este ano, adaptações iguais as que foram realizadas no ponto da Rua Joaquim Murtinho, atrás da Catedral Metropolitana. “Temos atualmente, 2400 abrigos, mas somente 600 dessas comportam estruturas iguais a estas. Detectamos isso mediante mapeamento realizado pela Semob em 2017,” disse Budib. Linhas expressas – Como o objetivo é reduzir o tempo de viagem entre os bairros e o Centro da capital, no horário de ‘pico’, Cuiabá agora conta com quatros linhas expressas, circulando desde abril de 2017 na região do Coxipó, com linhas nos bairros Pedra 90, Osmar Cabral, Parque Cuiabá, Santa Terezinha. Com as linhas em circulação, o tempo de percurso das viagens já foi reduzido em até 60%. A previsão e que mais uma linha seja implantada em 2018.
LUCIANA SOUZA
Gustavo Duarte

Nenhum comentário:

Postar um comentário