CONVERSA AFIADA

Vereador RODRIGO ZAELI do PSDB-MT

Vereador RODRIGO ZAELI do PSDB-MT
Câmara Municipal de Rondonópolis R. Cafelândia, 434 – La Salle, Rondonópolis – MT, 78710-050 (66) 3422.7554 | (66) 99900.5757 atendimento@rodrigodazaeli.com.br

"Todos no combate a Dengue"

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT, 78049-901 Telefone: (65) 3313-6900

TCE MT GESTÃO NOTA 10

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

"Crivella divulga como oficial visita de “caráter puramente privado” na Alemanha, mostra O Globo"

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB), divulgou como oficial uma visita que, segundo funcionário da Agência Espacial Europeia (ESA), teve “caráter puramente privado”. Crivella atribuiu sua ausência no Carnaval carioca à missão de conhecer a agência, na Alemanha, em busca de tecnologia para melhorar a segurança pública na cidade. As informações são do jornal O Globo. Em vídeo divulgado na internet na segunda-feira, Crivella afirmou que estava “pegando muita informação para saber o que é mais moderno em termos de vigilância, (…) de drone, em termos de informação via satélite, enfim, o que a gente puder para melhorar a questão da segurança no Rio de Janeiro”. A Agência Espacial Europeia diz que não vende tecnologia de segurança. Em uma das sedes na Alemanha treina astronautas; na outra, faz o controle de satélite de observação da terra e do espaço para o envio de informações a centros de pesquisa. A Secretaria do Interior do estado de Hessen, onde fica Frankfurt, não ficou sabendo da visita de Crivella, segundo O Globo. De acordo com o porta-voz local, Michael Schaich, se a visita tivesse sido oficial, ele teria apresentado ao prefeito um projeto piloto sobre o uso de drones na investigação de acidentes de trânsito e na observação de locais de crimes em pontos de difícil acesso. A revista alemã Der Spiegel disse que, com a visita à Agência Espacial Europeia, Crivella tinha como único objetivo “fugir do carnaval do Rio”. O prefeito foi um dos alvos das escolas de samba por suas posições em relação à maior festa popular do país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário