Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

"Prefeitura de Cuiabá - Trabalhando e cuidando da gente"

Todos juntos contra a dengue

sábado, 10 de fevereiro de 2018

"Globo e partido fazem Huck balançar sobre candidatura presidencial"

O apresentador de TV Luciano Huck voltou a conversar com partidos políticos sobre sua eventual candidatura à Presidência da República. Além de se reunir com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), também retomou contatos com o DEM e o PPS. De acordo com a coluna Painel da Folha de S.Paulo, Huck diz ter medo de se lançar, ser traído e perder contrato com a Globo. Segundo a colunista Daniela Lima, o apresentador ouviu de políticos experientes que, se quiser disputar, terá de abraçar o risco. Ele tem dito a amigos que muda de opinião “cinco vezes por dia” sobre se candidatar ou não à Presidência. De políticos do DEM, ele ouviu que não é mais o plano A do partido. A prioridade da legenda agora é o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ). No PSDB Huck enfrenta resistência do grupo que apoia o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin – ainda que conte com a amizade e os conselhos de FHC. A sigla que tem oferecido todo espaço para a candidatura dele é o PPS. Mas o partido presidido pelo deputado Roberto Freire (PE), que fez o convite formalmente a Huck, tem pouco tempo de TV e recursos para bancar a campanha. Ainda de acordo com a Folha, Huck já foi avisado pela Globo que não terá tratamento privilegiado da emissora caso se candidate. Empresa, conforme a nota, quer distância do assunto e cobra logo uma definição dele. “Pelo que eu saiba, ele está considerando a possibilidade, mas ele trabalha na Globo, tem um contrato e tem que pesar essas coisas todas”, disse Fernando Henrique em entrevista à rádio Guaíba, no Rio Grande do Sul. Publicamente Huck tem negado a intenção de se candidatar. Em artigo à própria Folha e em sua defesa no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em representação movida por petistas por causa de suas declarações sobre política no Domingão do Faustão.
EDSON SARDINHA

Nenhum comentário:

Postar um comentário