Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

"Prefeitura de Cuiabá - Trabalhando e cuidando da gente"

Todos juntos contra a dengue

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

"Wellington pede urgência para criação da Universidade Federal de Rondonópolis"

Senador defende que UFR atenda as necessidades da vocação regional. O senador Wellington Fagundes (PR-MT), líder do Bloco Moderador do Senado, protocolou nesta quarta-feira, 7, requerimento de urgência para tramitação do PLC 2/2018, projeto de Lei que cria a Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) por desmembramento da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). A matéria foi aprovada na Câmara dos Deputados, no final do ano passado, após grande esforço da bancada federal. “É um tema muito importante e já foi deliberado por lideranças, professores, alunos e os próprios deputados. Precisamos aprovar esta urgência justamente para que o Sul de nosso Estado – mais de 200 mil habitantes – seja atendido com celeridade, já que está tudo pronto para instituirmos a UFR”, garantiu o senador. Uma vez aprovado o requerimento em Plenário, o texto poderá seguir direto para apreciação, sem necessidade de passar pelas comissões temáticas da Casa. Há mais de 10 anos lutando para emancipação do campus da UFMT de Rondonópolis, Fagundes tem se manifestado a favor da criação dessa universidade com viés para atendimento das necessidades regionais. Segundo ele, a decisão de criar a UFR vai descentralizar as decisões e fazer com que o trabalho do corpo acadêmico esteja ainda mais próximo da população. O campus de Rondonópolis foi criado em 1976 e conta com seis blocos de salas de aula, laboratórios, biblioteca e anfiteatro para 250 pessoas. Além disso, há no complexo um Núcleo de Estudos e Atividades da Terceira Idade, um laboratório de Climatologia e o centro Meteorológico. O conjunto conta ainda com 22 cursos de graduação para atender Rondonópolis e região: Pedagogia, História, Matemática, Geografia, Ciências Biológicas, Letras (com Habilitação em Português e em Inglês), Ciências Contábeis, Biblioteconomia, Licenciatura em Informática, Zootecnia, Psicologia, Enfermagem, Engenharia Mecânica, Engenharia Agrícola e Ambiental, e Administração (modalidade EAD). Além disso, há três cursos de mestrado e um de doutorado. Ao todo, o campus atende 300 professores e mais de 5 mil alunos.
Da Assessoria
foto: André Corrêa/Agência Senado

Nenhum comentário:

Postar um comentário