Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

ANUNCIE AQUI!

ANUNCIE AQUI!
SUA EMPRESA COM MAIS VISIBILIDADE E VENDA

Conecte na ALMT

AJUDE ESTA CAUSA

AJUDE ESTA CAUSA
SANTA CASA DE CUIABÁ | (65) 3051-1946

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411-3500

sábado, 21 de julho de 2018

"GUERRA VIRTUAL: Facebook de Pedro Taques volta a ser atacado pela oposição"

Resultado de imagem para Facebook de Pedro TaquesO Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) negou o pedido do PDT para que fossem retirados do ar dois vídeos transmitidos ao vivo na página do governador Pedro Taques (PSDB) do Facebook, onde ele aparece fazendo prestação de contas interativa, em encontros com grupo denominado "Amigos do Pedro". O indeferimento da liminar proposta pelo grupo político de Mauro Mendes (DEM) foi assinado pelo juiz-membro substituto do TRE, Jackson Coutinho. O grupo encabeçado por Mendes solicitou na Justiça a retirada dos vídeos alegando propaganda antecipada/extemporânea, em razão das duas reuniões realizadas em Cuiabá nos dias 11 e 12 deste mês. Nelas, o governador lista obras já entregues para prestar contas do trabalho realizado pela administração estadual. Na decisão que negou o pedido, o juiz cita a jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acerca do tema "propaganda em rede social", que afasta a caracterização de propaganda eleitoral antecipada se não ficar demonstrado pedido explícito de votos a menção à determinada pré-candidatura e ao cargo almejado.
Por não ter identificado tais práticas na conduta de Taques, o pedido de retirada dos vídeos foi negado. “Ocorre que no presente caso, em juízo de cognição sumária, não me convenci da existência de indícios suficientes para a caracterização de propaganda eleitoral antecipada a justificar adoção de medidas proibitivas”, disse o magistrado.
Em recente postagem, Taques destacou sua participação nos canais de informação na internet e criticou o oportunismo de políticos que só abrem contas nas redes sociais em época de eleição.
"Diferente de outros políticos, que buscam contato com o cidadão somente em época de eleição, eu mantive este canal aberto, interagindo sempre. Acredito que a verdadeira política se faz com participação, por isso, estou sempre atento às críticas, aos elogios, dia após dia. Agora, a eleição está chegando e já tem político tentando me calar nas redes sociais, buscando bloquear judicialmente os canais que já existem - e não são de hoje", escreveu em seu Facebook.
Esta, no entanto, não foi a primeira derrota da oposição. No início da semana, a Justiça eleitoral indeferiu pedido para suspender reuniões propriamente ditas.
OS NÚMEROS – Ativo nas redes sociais desde 2011, Pedro Taques é o político de Mato Grosso com o maior número de seguidores. Somados Facebook, Instagram e Twitter são 265 mil pessoas.
Entre os prováveis pré-candidatos ao Governo, Taques é o mais popular nas redes: somente no Facebook soma 164 mil seguidores. Bem atrás aparece Wellington Fagundes (PR) com apenas 9.035 mil pessoas curtindo sua página, enquanto Mauro Mendes figura na lista com pouco mais de 9 mil seguidores.
Mendes chegou a desativar as contas no Facebook, Instagram e Twitter logo após a vitória no pleito municipal de 2012. No Instagram, conta com 2.076 seguidores, contra 31.600 pessoas que acompanham Pedro Taques. Wellington fica em último lugar com 928 seguidores.
Imprensa PSDB MT

Nenhum comentário:

Postar um comentário