Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

ANUNCIE AQUI!

ANUNCIE AQUI!
SUA EMPRESA COM MAIS VISIBILIDADE E VENDA

Conecte na ALMT

AJUDE ESTA CAUSA

AJUDE ESTA CAUSA
SANTA CASA DE CUIABÁ | (65) 3051-1946

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411-3500

domingo, 26 de agosto de 2018

"MOÇAMBIQUE: Partidos políticos apelam à isenção dos agentes de educação cívica, em Manica"

Mosambik | Kommunalwahlen (DW/B. Jequete)Este sábado (25.08), o STAE lançou a campanha de educação cívica eleitoral para as autárquicas de 10 de outubro, em Moçambique. RENAMO pede atenção a zonas recônditas. MDM apela à afluência em massa dos eleitores. A província de Manica possui cinco autarquias – nomeadamente as cidades de Chimoio, de Manica, Vila Municipal de Sussundenga, Gondola e Catandica - onde foram preparados para o efeito 150 agentes de educação cívica que estarão a mobilizar e recordar aos potenciais eleitores para que no dia 10 de outubro exerçam o seu dever cívico. Os educadores vão percorrer bairros, escolas, mercados e outros locais de maior concentração populacional, explicando também como será a votação. Terão consigo cópias de boletins de voto para mostrar aos eleitores como proceder.
O material de apoio para o trabalho inclui megafones, panfletos, cartazes e camisetas com textos e imagens sobre como votar.Na capital, Chimoio, 50 agentes irão disseminar as mensagens em todas as áreas autárquicas, durante 30 dias.
Mosambik | Kommunalwahlen (DW/B. Jequete)Para o presidente da Comissão Provincial de Eleições em Manica, Januário Rucheque, o número de agentes é reduzido, pelo que apelou a todos estratos da sociedade a serem agentes educadores - principalmente líderes comunitários e religiosos, professores, autoridades governamentais, líderes políticos e a sociedade em geral.
Quando questionado sobre as abstenções, Januário Rucheque respondeu que os números continuavam altos, "pois até as eleições passadas eram assustadores", acrescentando que "pelo que vimos no recenseamento de 2018, tudo indica que algo vai mudar porque no ato de recenseamento não registamos muitas abstenções".
"Não há razões neste momento de não irmos votar", disse ainda Rucheque, apenando para todos se pautem "pela mesma conduta [verificada no recenseamento] no processo de eleição".
"Gostaríamos que tivéssemos zero abstenções em Manica," disse ainda.
Isenção partidária
Wahlen Mosambik 15.10.2014 Wahlurne Stimmabgabe (Getty Images/AFP/Gianluigi Guercia)Ainda em Manica, os partidos políticos apelam aos agentes educadores cívicos a pautarem pela isenção e a "não pautarem pelos ideias de um só partido".
A RENAMO em Manica quer que os agentes educadores atinjam as zonas mais recônditas e não escolham as zonas, "mesmo sabendo que é ou não bastião de qualquer formação eles devem ir mobilizar naquela área".
"Pedimos aos envolvidos na educação cívica eleitoral para que não façam a educação cívica nas zonas que acham melhor responder aos seus patrões, mas que façam para todos territórios - mesmo que saibam que o território X ou Y é bastião de um determinado partido e não alinha com os seus ideais. Nós percebemos que a educação cívica deve ser imparcial," disse Américo Alfredo, representante do maior partido da oposição em Manica.
Américo Alfredo apelou ainda "aos nossos membros e simpatizantes e a toda a sociedade no geral para que recebam os agentes, bem como as instruções trazidas pelos agentes".
Wahlregistrierung in der Provinz Niassa, Mosambik (DW/M. David)Luís Manuel Vurande representante e mandatário do MDM em Manica, disse esperar uma boa mobilização dos agentes cívicos e que no dia propriamente dito os eleitores possam afluir em massa às mesas das assembleias de voto."Esperamos, com essa campanha, que todos os munícipes estejam consciencializados e que acatem aquilo que é a orientação dos agentes cívicos, sobre o processo eleitoral. O MDM quer que todos cidadãos que se recensearam possam eleger, no dia 10 de Outubro," afirmou.
Já Tomás Razão, da FRELIMO em Manica, disse que seu partido pauta pela festa, irmandade, camaradagem e moçambicanidade e por esta razão desafiou os potenciais eleitores a acatarem bem as orientações.
"Damos muita força ao STAE, através dos educadores cívicos, para que possam levar a mensagem até a última residência do território e também as organizações da sociedade civil, igrejas, os partidos que complementem este trabalho para que não tenhamos abstenções," declarou.
"Queremos que os munícipes elejam e escolham o partido que desejam que governe os municípios da província de Manica. A FRELIMO, como uma formação partidária, também vai ajudar a disseminar a mensagem. O processo não cabe apenas aos agentes de educação cívica, mas sim a todos os estratos da sociedade, líderes comunitários, religiosos e políticos," concluiu.
As atividades do lançamento da campanha de educação cívica eleitoral na província de Manica tiveram lugar na zona da SOALPO. Uma simulação da campanha pelos agentes educadores, cantos e danças tradicionais, atuação de músicos da praça, teatro retratando aspectos sobre a campanha, coloriram o evento.
Bernardo Jequete (Manica)Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário