Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

BOLSONARO X CLASSE TRABALHADORA

BOLSONARO X CLASSE TRABALHADORA
BOLSONARO NÃO!

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

ABAV EXPO 2018 Conecta

ABAV EXPO 2018 Conecta
Av. Olavo Fontoura, 1209 - Portão 1 - Santana, São Paulo - SP E-mail: visit@abavexpo.com.br

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

"PT e PSL elegem as maiores bancadas da Câmara dos Deputados"

Resultado de imagem para pt
Resultados para o Legislativo repetem polarização na disputa para a Presidência da República, que vai opor os dois partidos. MDB perdeu espaço na Câmara.
 O PT e o PSL despontaram das urnas neste domingo com as maiores bancadas para a Câmara dos Deputados dos próximos quatro anos. Faltando encerrar a apuração apenas em três estados – Amazonas, Bahia e Maranhão –, esses são os dois partidos que lideram o número de vagas na Câmara.

O PT, que em 2014 elegeu 69 deputados, continua com uma grande bancada, mas perdeu representação. O maior crescimento foi do PSL, que saiu de 1 deputado eleito em 2014 para mais de 50.
O MDB – que hoje ocupa a presidência da República com Michel Temer - perdeu quase a metade do espaço que tinha em 2014, quando elegeu 65 deputados. A bancada tem até agora pouco mais de 30.
O Partido Novo, que estreou nas eleições de 2018, conseguiu pouco menos de 10 deputados. A nova Câmara continua marcada pela fragmentação partidária. São pelo menos 29 legendas com representação no Parlamento.
O tamanho das bancadas é fundamental na atuação parlamentar. O maior partido ou bloco tem peso na escolha dos cargos mais importantes da Casa, como a presidência da Câmara e da Comissão de Constituição e Justiça.
Até fevereiro de 2019, quando os deputados tomam posse, os partidos ainda possam se aliar em blocos para ajustar a atuação parlamentar de acordo com o resultado da eleição para presidente da República.
Renovação 
A renovação foi alta em alguns estados. No Mato Grosso e no Distrito Federal, apenas uma das oito cadeiras é de deputados reeleitos. Érika Kokay (PT) foi reeleita pelo DF e Carlos Bezerra (MDB) pelo MT. Os demais são novatos na Câmara dos Deputados.

O Piauí, por outro lado, reelegeu sete dos dez deputados federais de sua bancada. O Rio Grande do SuL também optou por reeleger a maior parte da bancada: 19 foram reeleitos e 12 são novatos.
Veteranos e novatos
A composição da Câmara traz novatos como o ator Alexandre Frota (PSL-SP) e a jornalista Joice Hasselmann (PSL-SP). Há vários novatos ligados à área de segurança, caso Policial Katia Sastre (PR-SP), que ganhou fama nacional após abordar um assaltante em frente a uma escola.

A deputada Luiza Erundina (Psol-SP) é a veterana da próxima composição da Câmara. A parlamentar, que tem 84 anos, vai iniciar o sexto mandato consecutivo. Outro veterano é o deputado Átila Lira (PSB-PI), 71 anos, que vai iniciar o oitavo mandato como deputado, sendo o sexto consecutivo.
Justiça Eleitoral
Os resultados finais deste domingo poderão ser alterados em decorrência de eventuais recursos decididos pela Justiça Eleitoral. O Judiciário analisa ações sobre abuso do poder econômico e político nas eleições, cumprimento de critérios para assumir o cargo, e o atendimento dos requisitos da Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/10).
Reportagem - Carol Siqueira e Eduardo Piovesan
Edição – Wilson Silveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário