Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

ANUNCIE AQUI!

ANUNCIE AQUI!
SUA EMPRESA COM MAIS VISIBILIDADE E VENDA

Conecte na ALMT

AJUDE ESTA CAUSA

AJUDE ESTA CAUSA
SANTA CASA DE CUIABÁ | (65) 3051-1946

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411-3500

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

"Consciência negra: o preconceito revelado em números"

Levantamento “Viver em São Paulo: Relações raciais na cidade” lançado na última terça (13), pela Rede Nossa São Paulo, em parceria com o Ibope Inteligência e o Sesc, revelam que de cada dez paulistanos, sete acreditam que o preconceito se manteve ou aumentou nos últimos dez anos. “Um dos privilégios dos brancos é perceber o racismo, se indignar e não fazer nada ou simplesmente ignorar”, afirma o professor Silvio de Almeida, que ministrou uma palestra mediada pelo coordenador da Rede Nossa São Paulo, Américo Sampaio, para comentar o estudo.
A pesquisa alerta para os problemas e injustiças raciais neste mês da Consciência Negra, 130 anos após o fim oficial da escravidão. Do total de entrevistados pela pesquisa, 52% de declararam brancas e 44% como negras.
Os dados indicam que para os negros, houve piora no tratamento em todos os aspectos levantados, mas a percepção é diferente entre os mais ricos.
Um indicador chama a atenção e confirma o enraizamento do racismo. Para grande parte dos cidadãos com renda acima de cinco salários mínimos – que em sua maioria são brancos – não existe diferença de tratamento.
“O racismo é estrutural. Não existiria racismo se as cidades não fossem construídas para produzir desigualdade”, externou Sampaio.
Com informações das agências

Nenhum comentário:

Postar um comentário