Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT

Conecte na ALMT

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411-3500

AJUDE ESTA CAUSA

AJUDE ESTA CAUSA
SANTA CASA DE CUIABÁ | (65) 3051-1946

Impostômetro do Brasil

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

"Deputado populista de direita é espancado na Alemanha"

O deputado Frank Magnitz, da AfDGrupo de encapuzados ataca parlamentar Frank Magnitz, do partido AfD, no centro de Bremen. Agressões são condenadas por políticos de outros partidos. Um deputado do partido populista de direita Alternativa para a Alemanha (AfD) sofreu ferimentos graves ao ser atacado, nesta segunda-feira (07/01), por um grupo de pessoas, comunicou a polícia de Bremen, no norte da Alemanha.O ataque a Frank Magnitz, que é deputado do Bundestag e presidente regional da AfD no estado de Bremen
, ocorreu perto de um teatro no centro da cidade hanseática. Segundo a AfD, Magnitz foi atacado por um grupo de pessoas encapuzadas e ficou inconsciente. Ele está num hospital da cidade, com lesões graves, após ter sido chutado na cabeça, afirmou a AfD.
O incidente foi criticado por representantes dos demais partidos políticos alemães, que destacaram que nada justifica a violência.
Um dos líderes do Partido Verde, Cem Özdemir, disse esperar que os responsáveis sejam encontrados e punidos. "Quem combate o ódio com ódio permite que, ao final, sempre vença o ódio", enfatizou.
O ministro do Exterior, Heiko Maas, afirmou que a "violência jamais deve ser um meio do debate político – não importa contra quem nem os motivos."A polícia e a promotoria pública abriram inquérito para investigar o caso e partem do princípio de um ataque com motivações políticas por causa do cargo ocupado pela vítima.
A AfD foi alvo de vários ataque na semana que passou. Em Döbeln, na Saxônia, houve uma forte explosão num escritório do partido. Três pessoas foram detidas e depois liberadas.
No fim de semana, a casa de um parlamentar em Meppen foi pichada, e em Berlim desconhecidos atiraram tinta contra um escritório do partido.
AS/efe/dpa/cp

Nenhum comentário:

Postar um comentário