Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT

Conecte na ALMT

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411-3500

AJUDE ESTA CAUSA

AJUDE ESTA CAUSA
SANTA CASA DE CUIABÁ | (65) 3051-1946

Impostômetro do Brasil

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

"Postura da Avianca tranquiliza Abracorp, Alagev e Air Tkt"

É com tranquilidade que entidades do trade turístico lidam com a atual situação da Avianca Brasil. A Abracorp elogiou a transparência com que a companhia aérea, que inicia processo de recuperação judicial, tem trabalhado com a entidade e seus respectivos associados. “Desde o início estamos em contato direto com a direção da empresa. Temos trabalhado normalmente e sabemos que é uma estratégia respaldada na legalidade”, disse o presidente do Conselho de Administração da Abracorp, Carlos Prado. Ele revelou que recebe relatórios diários da companhia, com dados como performance, regularidade e aproveitamento dos voos do dia anterior. Tranquilizar o viajante corporativo, que depende do modal aéreo para fazer negócios e não pode perder reuniões por atrasos ou cancelamentos, é fundamental.
“Uma empresa em recuperação judicial não terá problema algum em se reequilibrar novamente se cumprir todos os requisitos do plano. Eles (gestores da companhia) precisam continuar atuando com muito cuidado e não deixar que nenhuma insatisfação pegue o consumidor final ou os parceiros de surpresa”, opinou Prado. Eduardo Murad, da Alagev, e Ralf Aasmann, da Air Tkt, têm a mesma opinião. “Nós também estamos torcendo e em constantes encontros com executivos da companhia”, revelou o diretor executivo da Alagev, que reúne gestores de Viagens Corporativas. “É uma companhia aérea que detêm 14% de participação do mercado e que sempre entregou um excelente produto. Nossa parceria segue como antes”, apontou Aasmann, representando as consolidadoras.
“Desde o início, a Avianca Brasil foi transparente com a Alagev e com os nossos associados. Já vimos grandes aéreas norte-americanas entrando em recuperação e saindo ainda mais forte. É uma saída estratégica que eles adotaram”, avalia Murad.
Em tempo: no mês de dezembro a Avianca Brasil foi responsável por transportar mais de 1 milhão de passageiros, com um índice de regularidade de 99%. Ou seja, conseguiu manter as operações dentro de uma normalidade, mesmo em meio ao início do processo de RJ.
Na próxima semana, a revista PANROTAS trará uma matéria especial sobre as perspectivas da aviação para 2019, abordando, além da recuperação judicial da Avianca Brasil, temas como concessão de aeroportos, investimentos estrangeiros em aéreas nacionais, consolidação do setor e as projeções de crescimento.
Danilo Teixeira Alves/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário