Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT

2ª Corrida do Legislativo Cuiabano

2ª Corrida do Legislativo Cuiabano
PA 2ª Corrida do Legislativo é uma realização da ASSCAMUC (Associação dos Servidores da Câmara Municipal de Cuiabá) e será realizada no dia 21 de abril de 2019.

Conecte na ALMT

Se inscreva no site www.omatogrosso.com e responda a pergunta: QUAL A TV QUE VOCÊ SE VÊ?

Se inscreva no site www.omatogrosso.com e responda a pergunta: QUAL A TV QUE VOCÊ SE VÊ?
O sorteio será dia 05.03.2019 Boa sorte

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

"Deputado e ministros participam do 1º Encontro de Agricultores Indígenas de MT"

Os ministros da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, e o ministro de Meio Ambiente, Ricardo Salles, participam nesta quarta-feira (13) do 1º Encontro Nacional de Grupo de Agricultores Indígenas, na Aldeia Matsene Kalore, em Campo Novo do Parecis. A convite do deputado federal José Medeiros (Podemos), os ministros vão conhecer a produção de soja comandada pela Cooperativa Agropecuária dos Povos Indígenas Haliti-Paresis, Nambikwara e Manoki.O modelo de produção sustentável será apresentada para os representantes do Governo Federal pelo governador Mauro Mendes (DEM), o prefeito de Campos Novo do Parecis, Rafael Machado, e pelas lideranças indígenas do município.
“Acompanho de perto o trabalho desenvolvido pelos Índios Parecis. Travei inúmeras brigas com o Ibama na tentativa de impedir que o órgão inviabilizasse a produção dos índios da etnia Parecis. Por isso, convidei os ministros para conhecerem de perto a revolução que vem sendo feita em Campo Novo. Além disso, a visita deve barrar que o Ibama, de forma irresponsável, multe e embargue as lavouras dos povos indígenas”, explica o parlamentar.
A produção agrícola dos indígenas foi autorizada por meio de um Termo de Ajustamento de Conduta firmando junto ao Ministério Público Federal (MPF) e do Poder Judiciário.
Além da soja, os índios plantam milho, feijão, batata e abóbora, entre ouros produtos, em uma área de 10 mil de um total de 18 milhões de hectares.
Medeiros, o governador e os ministros participam de uma reunião na sede da Unidade 1 da Cooperativa Agropecuária dos Povos Indígenas, às 9h45. Após a reunião, eles visitam a área de produção de soja. A previsão é que os ministros e deputado José Medeiros retornem para Brasília às 16 horas.
Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário