Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT

Trabalhando e Cuidando da Gente

Tribunal de Contas de Mato Grosso

Tribunal de Contas de Mato Grosso
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo

quinta-feira, 9 de maio de 2019

"Sociedade civil organizada debate em audiência pública implantação do projeto “Eco Óleo” nas escolas e creches de Várzea Grande"

A sociedade civil organizada e a Câmara Municipal de Várzea Grande se reuniram na manhã desta quinta-feira (09.05) em Audiência Pública para apresentar propostas a serem incluídas no Projeto de Lei nº 40/2019, que dispõe sobre a implantação do programa “Eco Óleo” nas escolas e creches de Várzea Grande. Segundo o autor do projeto, o vereador Fábio José Tardin – Fabinho (DEM), "o projeto é muito importante para nossa cidade e se unirmos vamos elaborar e buscar caminhos para que a propositura funcione na prática."
“Em Várzea Grande não temos a coleta seletiva, nem aterro sanitário, ao contrário, temos um lixão. E nossa cidade não suporta mais isso, temos que começar rever, e conseguiremos mudar só mesmo pela educação, vamos começar na escola municipal onde estão as nossas crianças. Tenho certeza que essa semente plantada, daqui há 10 anos, terá um efeito magnifico”, afirmou Tardin. Presidindo a audiência, o vereador Ícaro Reveles (PSB) enalteceu a presença maciça das instituições de ensino: “Contamos com a presença de todas as instituições de ensino, é muito importante essa interligação, esse contato serve para ver o que cada um está fazendo. E nós enquanto legisladores temos que cobrar que o Poder Executivo consiga fazer a união de todos esses trabalhos em prol do município”, pontua.
O ex-diretor da Escola Estadual Dunga Rodrigues, o professor de geografia Márcio José Pereira, destacou durante a audiência que o projeto nasceu no "chão" da escola. Segundo ele, foi procurado pelo professor e doutor em Educação Ambiental, João Marcos Coelho, e a professora Rúbia Araújo Coelho para viabilizar a propositura junto a Casa de Leis. “Enquanto diretor, fui procurado pelo Dr. João Marcos e pela professora Rúbia que nos disseram sobre a possibilidade de fazer esse projeto. Foi quando procurei o vereador Fabinho, que nos sugeriu este Projeto de Lei”, conta.
A professora Rúbia Araújo relata que após a conversa com o ex-diretor começou-se o processo de fazer a implementação da proposta na unidade escolar e a partir desse momento a ideia se tornou uma tese de doutorado: “Eu faço Ciência da Educação na Universidade da Columbia, onde recebemos o prêmio de terceiro melhor projeto na Educação. A partir desse ano, sugerimos como Projeto de Lei ao vereador Fabinho que verificou a importância da proposta e abraçou a ideia”, afirma.
Convidada para debater a viabilidade do projeto, a coordenadora do Curso de Engenharia Ambiental, do Centro Universitário de Várzea Grande (Univag), Kelly Dayana Benedet Maas, disse que a participação da Câmara Municipal para área ambiental é extremamente importante. Segundo ela, a conscientização das pessoas é muito difícil em relação ao meio ambiente.
“Quando temos vereadores preocupados com isso, conseguimos ampliar o conhecimento e fazer com que as pessoas se envolvam mais. No caso, o Univag vem promovendo ações para garantir a qualidade da água dos córregos do município. E com o projeto Eco Óleo, evitaremos que sejam jogados esses resíduos nos riachos. Então a coleta desse óleo é extremamente importante, para que a gente possa dar continuidade a esse projeto, e consequentemente sucesso a ele”, destaca Kelly.
A reitora da Faculdades Integradas Desembargador Sávio Brandão-FAUSB e FAUC, Noemi Cardoso, disse que a proposta é uma normativa do Ministério da Educação (MEC): “O projeto vem na expectativa de sensibilizar os alunos para uma consciência diferenciada e esperamos que essa coleta seletiva aconteça”, pontua.
O chefe do Departamento de Química da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Adriano Buzutti de Siqueira, se colocou à disposição dos alunos para ensinar a importância de reaproveitar o óleo e ensiná-los como fazer a transformação do óleo em materiais de limpeza. Além disso, também disponibilizou o Departamento para realizar as transformação em material de limpeza em grande quantidade.
Participaram também da Audiência Pública, 50 alunos da Escola Dunga Rodrigues do 6° ano ao 3° ano do Ensino Médio, bem como diretores e professores da escola Dunga Rodrigues e José Leite de Moraes; Representantes da Associação Asscovag (Associação dos Catadores de Matérias Recicláveis de Várzea Grande); Associação Teoria Verde (Projeto de Comunicação e Educação Ambiental); Alunos da UFMT-Depto.de Química; Alunos do curso Engenharia Ambiental da Univag; Alunos Curso Ciências Contábeis Univag - Lucas Martinez e a interprete- Sheila. Ao todo participaram da audiência aproximadamente 110 pessoas.
Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos