Complexo Hospitalar de Cuiabá

Complexo Hospitalar de Cuiabá
CENTRAL DE ATENDIMENTO 55 65 3051-3000

Águas Cuiabá

Águas Cuiabá
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé 78050-667 - Cuiabá / MT 0800 646 6115

Prefeitura de Várzea Grande

Prefeitura de Várzea Grande
AV. CASTELO BRANCO, 2500 - CENTRO SUL, VÁRZEA GRANDE

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

"EDUCAÇÃO:Depois da greve, governo de MT convoca 221 novos professores"

A paralisação da categoria durou 75 dias e as aulas já retornaram em todo estado.A greve dos profissionais da educação estadual, que durou 75 dias, já apresenta resultados favoráveis à categoria. O Diário Oficial desta quinta-feira (22), traz a convocação de 221 concursados que aguardavam suas nomeações; luta do Sindicato dos Trabalhadores no ensino público de Mato Grosso (Sintep-MT) e de seus filiados que não mediaram esforços para atender o clamor da categoria e que contaram com o apoio irrestrito do deputado estadual Valdir Barranco (PT-MT).

"Temos que reconhecer e parabenizar a luta dos servidores e do sindicato da categoria que passaram dias e dias na Assembleia Legislativa, na sede do governo e nas ruas cobrando seus direitos. Homens e mulheres que tiveram seus salários cortados para favorecer toda a categoria e que conseguiram parte de seus objetivos", elogiou o deputado.
Barranco lembrou que o governo também decidiu pagar integralmente os salários referentes aos dias cortados dos servidores que participaram da greve. "O governador garantiu pagar integralmente o ponto destes profissionais no próximo dia 27. Esperamos que cumpra a promessa. Caso contrário, serie o primeiro a apoiar os servidores para que voltem à greve."
O parlamentar disse, ainda, que a luta pelo cumprimento da Lei 510/2013 (que garante a Dobra dos Salários) e do pagamento da RGA continua.
"O Estado ainda não cumpriu a Lei da Dobra nem pagou a RGA, direito constitucional dos servidores. Contudo, existe a promessa do governador Mauro Mendes (DEM) de que assim que as contas do Estado estiverem saneadas, segundo ele com o aumento da arrecadação e o devido cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal, previsto para 2020, haverá os devidos pagamentos. Não vamos descansar até que o Estado cumpra a lei e garanta os direitos dos servidores”, concluiu o deputado.
ROBSON FRAGA/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos