Complexo Hospitalar de Cuiabá

Complexo Hospitalar de Cuiabá
CENTRAL DE ATENDIMENTO 55 65 3051-3000

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Prefeitura de Cáceres

Prefeitura de Cáceres
Av. Getúlio Vargas, 1895, Vila Mariana Cáceres - MT

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

"FISCALIZAÇÃO: AL cobra informações de empréstimo de US$ 332 milhões do Estado"

Resultado de imagem para dep wilson santosNegociação concluída na gestão do governador Mauro Mendes prevê pagamento de dívida dolarizada e investimentos. O governo do Estado deverá fornecer em 30 dias informações por escrito à Assembleia Legislativa do contrato que firmou com o BIRD (Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento) na ordem de US$ 332 milhões. O dinheiro contraído pelo governo do Estado será utilizado para quitação da dívida dolarizada com o Bank Of América firmado na gestão do ex-governador Silval Barbosa.
O fornecimento das informações pelo Executivo se deve a aprovação pelo plenário do requerimento nº 638/2019 de autoria do deputado estadual Wilson Santos (PSDB). O empréstimo atual prevê U$$ 82 milhões a mais do que o governo do Estado anunciou que inicialmente que precisaria para quitar a dívida com o Bank Of América avaliada em US$ 250 milhões.
Além de fornecer cópia completa do contrato e de todos os documentos existentes relacionados ao empréstimo aprovado junto ao BIRD – Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento, a equipe técnica da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) deverá responder aos seguintes questionamentos: tecnicamente, o que significa para as contas do Estado este empréstimo?
Há ainda quando se dará a quitação junto ao Bank of America? (Apresentar documento comprobatório). Há declaração do Secretário de Fazenda que diz que este empréstimo dará alívio as contas do Estado para os próximos 03 (três) anos, após esse prazo, qual a probabilidade de manter esse “alívio”?
Ainda deverá ser fornecido pelo Executivo cópia das duas ações movidas pela Procuradoria Geral do Estado (PGE/MT) junto ao Supremo Tribunal Federal buscando garantir a concessão do empréstimo e responder também qual o plano de trabalho estabelecido para a realização de novos investimentos e ações de sustentabilidade fiscal e agricultura sustentável, conservação florestal e mitigação das mudanças climáticas.
Também é questionado quando será colocado em prática este plano de trabalho e qual a data em que foi contraído o empréstimo e qual era o rating dado pela Secretaria do Tesouro Nacional – STN.
RAFAEL COSTA/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos