SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

Loja Oficial - Casa Prado

Loja Oficial - Casa Prado
Camisetas, Polos, Calças, Bermudas, Sapatos e Acessórios de Qualidade na Casa Prado!

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

"Partido populista AfD herda fortuna milionária"

Leque de notas de 200 euros sobre fundo com logomarcas do AfDEngenheiro do norte da Alemanha determinou em testamento que AfD é sua única herdeira e a beneficia com cerca de 7 milhões de euros em ouro e imóveis. Doador não era afiliado.O partido Alternativa para a Alemanha (AfD) foi beneficiado com uma herança de cerca de 7 milhões de euros, noticiou o jornal Süddeutsche Zeitung nesta sexta-feira (14/02). Trata-se de um dos maiores repasses de dinheiro a um partido político já feitos na Alemanha. O doador, um engenheiro do norte da Alemanha cujo nome ainda não foi divulgado, não era membro do partido, afirmou a AfD, que confirmou a notícia.
O milionário, da cidade de Bückeburg, no estado da Baixa Saxônia, deixou um testamento nomeando a agremiação populista de direita sua única herdeira. Ele morreu em 2018.
O testamento foi aberto em seguida. Entretanto, foi necessário um certo tempo para determinar se tudo estava correto e calcular o valor da fortuna, composta sobretudo de imóveis, moedas de ouro e barras de ouro.
A herança vem num momento oportuno para o partido, que tem dívidas de cerca de 1 milhão de euros por causa de multas relativas a um escândalo de doações ilegais. As dificuldades levaram a sigla a pedir para que seus 38 mil afiliados contribuam com uma anuidade adicional de 120 euros, a fim de reunir "centenas de milhares" de euros para a "luta de defesa jurídica".
Se a herança for considerada legalmente uma doação partidária, ela poderá ajudar a AfD ainda de outra maneira. Pela lei alemã, os partidos políticos só têm acesso a recursos do fundo partidário se comprovarem que foram capazes de obter por meios próprios um valor equivalente. Heranças, a princípio, não contam.
Nesta quarta-feira foi divulgado que um empresário de Berlim doou 100 mil euros à AfD do estado da Turíngia.
MD/dpa/afp/cp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos