SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

Loja Oficial - Casa Prado

Loja Oficial - Casa Prado
Camisetas, Polos, Calças, Bermudas, Sapatos e Acessórios de Qualidade na Casa Prado!

terça-feira, 24 de março de 2020

CORONAVÍRUS: Alemanha registra mais de 4,7 mil novos casos de covid-19 num único dia"

Estrada (Autobahn) em Frankfurt vazia devido às restrições de circulação no país devido à pandemia de coronavírus. As duas faixas estão vazias. Segundo agência alemã de controle de doenças, país tem 27,4 mil infecções e 114 mortes relacionadas ao coronavírus. Presidente do órgão diz que distanciamento social deve em breve desacelerar disseminação do patógeno. O número de infecções pelo coronavírus Sars-Cov-2 na Alemanha aumentou em 4.764 desta segunda-feira (23/03) para terça, segundo dados do Instituto Robert Koch (RKI), responsável pelo controle e prevenção de doenças no país. O total de infecções confirmadas é de 27.436, diz o órgão.
Até agora, a Alemanha registrou 114 mortes em decorrência da infecção pelo vírus. Na segunda-feira, as fatalidades somavam 86. O aumento mais pronunciado era esperado, diz o RKI, já que nem todos os órgãos regionais transmitiram os dados atualizados ao instituto no último fim de semana. As informações acabaram sendo atualizadas nesta segunda.
Por outro lado, também na segunda, a curva de contágios na Alemanha parecia estar começando a dar sinais de estabilidade, segundo informações do RKI. O presidente do instituto, Lothar Wieler, disse estar cautelosamente otimista de que as medidas de distanciamento social adotadas na Alemanha em breve começarão a contribuir para a desaceleração da disseminação da covid-19.
"Vemos uma tendência de leve achatamento da curva de crescimento exponencial", disse Wieler em Berlim. Ele ressaltou, entretanto, ainda ser muito cedo para confirmar que isso esteja ocorrendo com 100% de certeza.
Wieler revelou também que o RKI vem detectando desde a segunda-feira passada uma menor mobilidade da população no país, através da avaliação de dados de celulares. "No geral, os movimentos diminuíram, mas isso ainda não é suficiente", afirmou o especialista.
Na segunda-feira, a Alemanha proibiu reuniões de mais de duas pessoas em espaços públicos, ampliando as medidas de contenção da disseminação do coronavírus. O país, porém, não impôs quarentena compulsória aos cidadãos, como foi feito na Itália e na Espanha, por exemplo.
A Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos, que atualiza seu mapa de novos registros a cada hora, conta com 29.560 casos na Alemanha, com 126 mortes. No mundo, a plataforma mostra que há quase 384 mil casos confirmados de infecção pelo coronavírus, além de quase 16.600 mortes. A maior parte das fatalidades foi registrada na Itália (6.077), número seguido por China (3.160), Espanha (2.316) e Irã (1.812).
A Organização Mundial da Saúde (OMS) mostra um total de cerca de 335 mil casos confirmados no mundo nesta segunda-feira, além de cerca de 14.700 mortes.
RK/ots/cp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos