SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

Loja Oficial - Casa Prado

Loja Oficial - Casa Prado
Camisetas, Polos, Calças, Bermudas, Sapatos e Acessórios de Qualidade na Casa Prado!

terça-feira, 17 de março de 2020

"COVID-19: Barbudo defende uso de Fundo Eleitoral no combate ao Coronavírus"

O deputado Nelson Barbudo (PSL-MT) defendeu o uso do Fundo Eleitoral previsto para ser aplicado nas eleições de outubro desse ano para a intensificação de ações que visem combater a pandemia do Coronavírus (Covid-19). O parlamentar usou as redes sociais para apresentar sua ideia, justificada pela necessidade de recursos a serem empregados no Sistema Único de Saúde (SUS) por conta do aumento de casos da doença. Ao falar sobre o assunto, o pesselista destacou que o fundo conta com R$ 2 bilhões, conforme sanção por parte do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) da Lei Orçamentária Anual (LOA). “Sempre me posicionei contra este fundão, sobretudo em um momento em que temos problemas mais graves a serem resolvidos. Por isso, entendo que este dinheiro pode e deve ser usado para lutarmos contra essa pandemia”. Na visão do deputado, mesmo que não houvesse a pandemia, a melhor destinação do dinheiro é a Saúde.
Para Barbudo, o momento atual do País, que vê o número de casos da doença aumentar, inclusive com a chamada transmissão comunitária, demanda políticas públicas por parte do Governo Federal. “O Ministério da Saúde tem trabalhado com muita seriedade ao tratar deste assunto, mas sabemos que é necessário que haja fundos para assegurar a implementação de medidas para conter a doença. Por isso, sou a favor desta proposta”.
MP – O parlamentar também defendeu a tramitação de forma célere, no Congresso Nacional, da Medida Provisória editada por Bolsonaro que destina R$ 5 bilhões para o combate da doença. Os valores foram retirados das emendas individuais do Orçamento que já seriam destinados ao Fundo Nacional de Saúde, mas para outras unidades orçamentárias.
“A MP tem um prazo para ser aprovada e não tenho nenhuma dúvida de que será aprovada de forma unânime. Mas, até para termos mais tranquilidade, isso precisa ocorrer o mais rápido possível, para que não tenhamos nenhum problema”, sustentou o político.
No último levantamento divulgado pelo Ministério da Saúde, o Brasil aparece com 200 casos confirmados da doença. Além disso, quase 2 mil casos estão sob investigação, em todos os estados brasileiros.
Assessoria/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos