SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

terça-feira, 28 de abril de 2020

"Em crítica a Júlio Pacheco, Hazama diz que momento é de trabalhar para salvar vidas e não de fazer política"

“Manda quem pode, obedece quem tem juízo, o grupo tem um líder e a orientação é para não mexer com política agora, que o momento é de canalizar forças para salvar vidas em Várzea Grande”, declarou o vice-prefeito José Hazama, ao ser questionado sobre a organização da sua pré-candidatura. Hazama ainda teceu duras críticas aos políticos que estão tentando movimentar o “tabuleiro” da política, neste momento em que a maior preocupação é com a saúde e resguardar da vida da população.
“Júlio Pacheco é presidente do partido (DEM) no município, ele não faz parte da administração, pode falar e fazer o quiser, mas nós da administração estamos seguindo as orientações do líder, que no momento é para fazer de tudo para proteger o nosso povo”, explicou. Para Hazama, no momento certo e hora certa, o grupo estará trabalhando nas articulações políticas, que tem como objetivo dar continuidade ao excelente serviço prestado pela prefeita Lucimar Campos.
“A base do nosso grupo político está montada, e temos um diferencial, não ficamos apenas nos discursos e promessas, já temos serviços prestados nos quatro cantos da cidade, conhecemos e levamos melhorias para vários bairros, a gestão Lucimar vai deixar um legado de assistencialismo e desenvolvimento para Várzea Grande”, explicou Hazama.
Hazama evitou em falar da sua pré-candidatura, só disse que está à disposição do grupo, seja para disputar ou para apoiar o nome indicado.
Segundo informações de bastidores, o grupo da família Campos que é composto por várias lideranças, como o senador Jayme Campos, a prefeita Lucimar Campos e o ex-governador Júlio Campos, possui até o momento três nomes como pré-candidatos, para passar pela prova das pesquisas populares.
O vice-prefeito José Hazama, o secretário de governo Kalil Baract e o diretor da empresa União Transporte e presidente do DEM em Várzea Grande, Júlio Pacheco são até o momento, os nomes mais cogitados para receberem a benção do grupo, para disputar as próximas eleições.
Por outro lado, já existem informações de que o secretário de obras, Luiz Celso, como também, o secretário de educação, Sílvio Fidelis estão correndo por fora, com objetivo de viabilizar seus nomes para uma eventual disputa.
Da Redação/OMT/Caminho Político
Foto: lapadalapada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos