SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

"Braço Forte do Campo da Cidade e da Forquilha do Manso! Vereador Tito da Forquilha 14.123"

"Braço Forte do Campo da Cidade e da Forquilha do Manso! Vereador Tito da Forquilha 14.123"
"Juntos Somos Mais Fortes

sexta-feira, 24 de abril de 2020

"Presidente do TCE-MT solicita dados de exportações para a Sefaz"

Sessão histórica do TCE-MT conta com participação de mais de 50 ...O presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), conselheiro Guilherme Antonio Maluf, encaminhou ofício à Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), protocolado nesta quinta-feira (23), solicitando dados referentes às exportações ocorridas no Estado entre os anos de 2013 a 2020. A solicitação do TCE-MT acontece após o Supremo Tribunal Federal (STF) negar o agravo interposto pelo Governo de Mato Grosso, que pediu a suspensão da decisão que determinou o encaminhamento de informações de 2.237 contribuintes referentes às exportações
realizadas entre 2013 e 2016 à Corte de Contas, que movimentaram mais de E$ 172,3 bilhões. Em 2016, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) havia determinado que o Governo do Estado encaminhasse os dados ao TCE-MT. Na ocasião, o Poder Executivo Estadual recorreu ao STF, obtendo decisão favorável em 2017. Agora, a decisão foi derrubada por unanimidade e o STF determinou que o Governo do Estado repasse os dados à Corte de Contas.
No ofício assinado pelo presidente do TCE-MT e pelo consultor jurídico-geral, Grhegory Paiva Pires Moreira Maia, é argumentado que os dados são solicitados em função da decisão proferida nos autos do agravo regimental na suspensão de segurança n° 5.203-MT.
O TCE-MT solicita ainda, que as referidas informações sejam enviadas de forma discriminadas por Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) das empresas exportadoras, bem como nome empresarial, nome fantasia e nome de domínio, caso os tenham.
O presidente do TCE-MT recebeu nos últimos dias, membros da Comissão Permanente de Inquérito (CPI) dos Incentivos Fiscais, que já o cobraram sobre essas informações referentes às exportações realizadas no Estado.
Assessoria/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos