Complexo Hospitalar de Cuiabá

Complexo Hospitalar de Cuiabá
CENTRAL DE ATENDIMENTO 55 65 3051-3000

Águas Cuiabá

Águas Cuiabá
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé 78050-667 - Cuiabá / MT 0800 646 6115

Prefeitura de Várzea Grande

Prefeitura de Várzea Grande
AV. CASTELO BRANCO, 2500 - CENTRO SUL, VÁRZEA GRANDE

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

quarta-feira, 13 de maio de 2020

"Como não errar na compra do primeiro imóvel em São Paulo"

A cidade de São Paulo, que é capital do estado de São Paulo e detém a maior população de um município no Brasil e no continente americano, estimando 12.252.023 habitantes em seu território, conduz efetivamente a economia estadual e exerce grande influência financeira, industrial, cultural e política sobre o país. Conhecida como a 11ª cidade mais globalizada do mundo e notabilizando-se pela sua urbanização, oriunda do processo
de desenvolvimento e industrialização no município identificado no século passado, a “Terra da Garoa”, como é chamada a capital paulistana, corresponde a 11% de todo o PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil, cenário que evidencia o quão impactante é o panorama financeiro de São Paulo para o resto do país. O índice no município, que alcançou os R$ 687.035.889,61 mil neste ano, unindo-se ao vultoso PIB per capita (Renda por pessoa) de R$ 57.071,43, aponta o perfil do consumidor paulistano que, respaldado por elevado poder aquisitivo, fomenta o consumo e possibilita à cidade seguir desenvolvendo-se em benefício de seus moradores, ampliando a qualidade dos serviços públicos e desencadeando na propensão daqueles que, residentes de outras cidades e carentes de qualidade de vida e perspectiva, a buscarem imobiliárias em São Paulo a fim de rumarem ao município.
Com uma economia sólida, contando com a projeção positiva que, segundo a auditoria da PriceWaterHouseCoopers, a capital paulistana tende a saltar do décimo para o sexto PIB de um município em âmbito mundial, seu credenciamento financeiro fundamenta-se no potencial setor de serviços, além da indústria que, embora tenha perdido terreno, ainda movimenta o orçamento da cidade, e compreende a uma grande oferta de empregabilidade. Abrigando multinacionais, bolsa de valores, bancos e consulados, o centro de São Paulo corresponde ao mais relevante centro econômico da cidade, comportando as grandes instituições corporativas e designando como o grande núcleo de negócios em que os empresários transitam diariamente.Reforçando os elementos que indicam São Paulo como a cidade mais influente potencialmente à economia nacional, segundo a Revista Forbes, a capital paulista possui o sexto maior volume de bilionários no mundo em uma só cidade, comprovando o predomínio aquisitivo que contempla sua extensão e atraindo investidores de todas as localidades o mundo que, captando centros rentáveis de investimento, enxergam em São Paulo um rumo irrepreensível para a aplicação de capital.
Também popular pela sua elevada qualidade de vida, que se associa ao IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) com o indicador de 0,805, considerado muito alto para os padrões do Brasil, o município de São Paulo destaca-se pela explícita desigualdade social que envolve seus habitantes, realçando a necessidade de, para que a cidade torne-se mais homogênea financeiramente e agregue as prerrogativas que iniba tamanha disparidade econômica entre as pessoas, criem-se mecanismos que disponibilizem acesso à cultura, à educação de qualidade, à segurança, à saúde e, sobretudo, ao mercado de trabalho, oportunizando aos desamparados que residem nos centros periféricos da capital paulista possibilidades de projeção que contribuem para o desenvolvimento destas regiões, estimulando a concessão de novos polos econômicos potenciais na cidade, gerando emprego, renda e estruturando a periferia como um todo.
Embora seja considerada uma das cidades mais violentas do país, a redução de homicídios registrados em São Paulo em relação ao século passado ultrapassa o percentual de 78%, fato que se relaciona ao amplo investimento efetuado pelo governo em prol do combate á criminalidade, englobando reforço de policiamento e aumento da fiscalização nos trânsitos. No entanto, para aqueles que inclinam-se a investir no mercado imobiliário, a fim de uma casa ou um apartamento, é de suma importância que você atente-se acerca das condições que abrangem seu bairro, no tocante à educação, infraestrutura, segurança, acesso à cultura e opções de lazer e entretenimento.
O perfil do consumidor servirá de embasamento para que o consultor, quando requisitado numa imobiliário em São Paulo, aponte o bairro e o imóvel mais factível com a exigência do cliente, estando em conformidade com sua expectativa e norteando-o para a tomada de decisão mais assertiva. A cidade de São Paulo compreende localidades distintas que favorecem qualquer tipo de comprador a identificar seu imóvel com exatidão. Caso procure imóveis em Santa Cecília, por exemplo, é natural que você encontre edifícios e sobrados reformados para comprar, levando-se em conta as recentes ações da iniciativa privada que, diante de uma região potencial no segmento imobiliário, investiu nos antigos casarões e prédios residenciais desgastados, reformando-os. Norteados pela expansão do mercado imobiliário em São Paulo, e, sobretudo, pela tímida ascensão que compreende a economia do país, associada à retomada de confiança do consumidor, os habitantes da cidade e até aqueles que têm o anseio de residir na capital paulista passaram a lidar com o mercado de imóveis de outra forma.
Amparados pela intensificação da procura do mercado de trabalho por mão de obra qualificada, cenário que refletiu na queda do desemprego no estado de São Paulo no terceiro trimestre no ano, recuando para 12% um índice que alcançava os 12,8%, a empregabilidade assegurada a esta nova parcela da população os relaciona-os com o consumo, tendo em vista que, através de uma renda fixa, estes cidadãos reposicionados no mercado de trabalho retomam seus investimentos, contribuindo para a expansão do comércio e de outros segmentos, como o imobiliário. Se for seu desejo explorar os imóveis em Santa Ifigênia, certifique-se de que a região é um dos maiores polos comerciais da cidade e, caso seja uma pessoa agitada, seu perfil irá se enquadrar totalmente com a atmosfera do bairro.
Segundo registros da ARISP (Associação dos Registradores de Imóveis de São Paulo), as aquisições e vendas de imóveis atingiram o índice de 575.043 neste ano, dado 1,55% superior que do ano passado e 16,2% acima do registro de 2016, ratificando a narrativa de que, mais predispostos a investirem, os cidadãos paulistanos aquecem o mercado imobiliário com o aumento da capacidade aquisitiva, assim como avalia o pesquisar Eduardo Zylberstajn:
“Com a melhora do cenário macroeconômico, redução leve do desemprego e queda dos juros, há menos pessoas inadimplentes," dissertou.
Dito isso, é imprescindível que, respaldados por mais uma acentuada queda no desemprego, que tende a acontecer, os habitantes sigam procurando imóveis em São Paulo, injetando capital neste meio, a fim de contribuírem para o crescimento exponencial do segmento e principalmente, sendo contemplados
pelo privilégio que é residir em uma das principais cidades do mundo, favorecendo sua estabilidade profissional e qualidade de vida.
Gostou deste artigo sobre Como não errar na compra do primeiro imóvel em São Paulo? Não perca tempo e compartilhe-o em suas redes sociais!
Mariane Jimenes/Caminho Político
Foto: Pexels

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos