SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

segunda-feira, 25 de maio de 2020

"SAÚDE: Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa"

Doenças do coração, derrames, diabetes, quedas e demência são exemplos de complicações na saúde provocadas pelo não tratamento da perda auditiva. A constatação é resultado de um estudo da Escola de Saúde Pública Johns Hopkins Bloomberg, nos Estados Unidos. De acordo com a pesquisa, “Idosos com perda auditiva não tratada tem um gastos com a saúde maiores do que pessoas sem perda auditiva – a média é de 46% a mais de gastos, sendo $22,434 em cada 10 anos para cada pessoa". Os pesquisadores descobriram ainda que o não tratamento da perda de audição elevou em 50% o risco do desenvolvimento de demência e em 40% o de depressão em apenas cinco anos, em comparação com aqueles que têm audição normal.
Para a fonoaudióloga Samia Helena Ribeiro, da Audax Aparelhos Auditivos, indivíduos que ouvem mal "podem reduzir sua participação em atividades em grupo e se afastar das interações sociais, provocando isolamento social, a depressão e o declínio cognitivo". Ainda segundo a profissional, a perda auditiva de longo prazo pode impedir que o cérebro receba informações neurais.
Vale destacar que a perda auditiva é um problema que pode vir a atingir cerca de 900 milhões de pessoas até 2050, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Em Mato Grosso, de acordo com o Ministério da Saúde, existem mais de cem mil pessoas com alguma dificuldade para escutar. Quase sempre a indicação de um aparelho auditivo é a saída adotada pelos profissionais de saúde.
"Hoje eles são minúsculos, quase invisíveis e trazem benefícios diversos, além de ouvir bem. O aparelho auditivo, num trabalho integrado entre família, paciente e profissional, devolve a boa comunicação e consequentemente bem-estar e qualidade de vida", afirma a especialista tratamento em perda auditiva.
Serviço:
Localizada em Cuiabá, a Audax Aparelhos Auditivos atende em dois endereços:
Loja 01: Rua Cândido Mariano, - Centro Norte (65) 3625-5463
Loja 02: Av. Cel. Escolástico, 210 - Lixeira (65) 2127-2040
Hernandes Cruz
Caminho Político/ Conecte Relações Públicas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos