SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

sábado, 6 de junho de 2020

" Joe Biden mais perto de concorrer à presidência dos EUA"

Político democrata americano Joe BidenEx-vice-presidente de 77 anos obtém os delegados necessários a enfrentar Trump nas eleições de 3 de novembro. Até lá, ele quer merecer os votos dos americanos para "vencer a batalha pela alma desta nação". O ex-vice-presidente Joe Biden anunciou nesta sexta-feira (05/06) ter conquistado os delegados necessários a garantir sua candidatura à presidência dos Estados Unidos pelo Partido Democrata. Estando ainda agendadas votações em oito estados e três territórios americanos, ele já conta com 1.993 delegados (eram necessários 1.991). Assim, ele assegurou formalmente a nomeação presidencial democrata para as eleições de 3 de novembro, em que enfrentará o atual presidente, Donald Trump, que se recandidata para um segundo mandato.
"Foi uma honra competir com um dos grupos de candidatos mais talentosos que o Partido Democrata já teve", declarou o veterano democrata de 77 anos. "Tenho orgulho em dizer que estamos indo para esta eleição geral como um partido unido."
Biden, que foi o vice do antecessor de Trump, o presidente democrata Barack Obama, prometeu lutar até 3 de novembro para "merecer os votos dos americanos, por toda parte deste grande país, a fim de, juntos, vencermos a batalha pela alma desta nação".
Caso eleito, Biden prometeu se esforçar para unificar o país, após os anos polarizadores da administração republicana de Trump. O pleito se anuncia num cenário sem precedentes de pandemia, colapso econômico e agitação civil.
AV/rtr,afp,dpa/cp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos