Complexo Hospitalar de Cuiabá

Complexo Hospitalar de Cuiabá
CENTRAL DE ATENDIMENTO 55 65 3051-3000

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Prefeitura de Várzea Grande

Prefeitura de Várzea Grande
AV. CASTELO BRANCO, 2500 - CENTRO SUL, VÁRZEA GRANDE

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

quarta-feira, 17 de junho de 2020

"Quem é a influente irmã de Kim Jong-un"

Kim Yo-jongKim Yo-jong lançou um aviso para a Coreia do Sul e ameaçou destruir o escritório de relações com o país. Dias depois, o lugar foi reduzido a escombros. Ela é uma das personalidades mais poderosas do regime norte-coreano.No último sábado (13/06), Kim Yo-jong, a influente irmã do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, alertou que Seul testemunharia em breve "uma cena trágica do inútil escritório de intermediação Norte-Sul sendo completamente destruído", como uma forma de retaliação dos militares norte-coreanos contra a Coreia do Sul. Nesta terça-feira, Pyongyang o reduziu a escombros. A irmã mais nova do líder norte-coreano e vice-diretora do Departamento da Frente Unida (um poderoso organismo do partido único que gere as relações com o Sul) vinha defendendo a ruptura com o país vizinho e autorizou o Exército a tomar as medidas necessárias.
"Acho que é hora de romper com as autoridades sul-coreanas", disse Kim Yo-jong, citada pela agência de notícias estatal KCNA. Com a aprovação de seu irmão, do partido e do Estado, ela instruíra as autoridades encarregadas de "assuntos com o inimigo a tomar a próxima ação".
 Kim Jong-un e sua irmã, Yo-JongKim Yo-jong já é uma das conselheiras mais confiáveis de seu irmão e uma das mulheres mais poderosas do regime norte-coreano, mas seu perfil público vem se destacando rapidamente, e ela foi apontada como uma possível sucessora.
A primeira declaração emitida em seu nome foi apenas em março, mas nas últimas semanas ela esteve na vanguarda das denúncias contra desertores de Pyongyang atuantes no país vizinho, que enviam panfletos através da fronteira.
Oficialmente, é apenas membro suplente do politburo do Comitê Central, mas numa declaração de fim de semana veiculada pela agência de notícias oficial KCNA, referiu-se a "meu poder autorizado pelo Líder Supremo, pelo nosso Partido e pelo Estado".Analistas dizem que a irmã de Kim é a pessoa mais adequada para suceder seu irmão, caso algo aconteça com ele. Segundo observadores coreanos, ambos compartilham um vínculo forte, tendo passado algum tempo juntos na Suíça no final dos anos 90. "Kim Jong-un e Kim Yo-jong atravessaram muitas coisas juntos", e seu relacionamento permaneceu próximo quando retornaram à Coreia do Norte, comenta Bong Youngshik, da Universidade Yonsei, em Seul.
Confidente do ditador
Kim Jong-un corta faixa durante inauguração de fábrica de fertilizantesEm outubro de 2017, Kim Jong-un tornou sua irmã membro suplente do politburo, substituindo a tia, Kim Kyong-hee, que fora figura influente quando o líder Kim Jong-il estava vivo.
Em janeiro do mesmo ano, o Departamento do Tesouro dos EUA impôs sanções a Kim Yo-jong, então com 28 anos, junto com outras autoridades norte-coreanas, acusando-as de responsabilidade por "graves violações dos direitos humanos".
Em entrevista à DW, Michael Madden, especialista em Coreia do Norte do portal 38 North, da Universidade Johns Hopkins, comentou que a irmã é uma das "confidentes mais próximas" do ditador norte-coreano. "Kim Yo-jong é a caçula dos sete filhos de Kim Jong-il, e a irmã mais nova de Kim Jong-un. Sua mãe, Ko Yong-hui, era membro do prestigiado grupo de músicos Mansudae Art Troupe e esposa de Kim Jong-il."
"Kim Yo-jong recebeu aulas particulares em casa e, juntamente com Kim Jong-un, frequentou duas escolas perto de Berna, na Suíça, durante os anos 90 e início dos anos 2000. Mais tarde, estudou na Coreia do Norte e em seguida fez cursos na Europa Ocidental", relatou Madden.
Kim Yo-jong foi vista pela primeira vez ao lado da secretária pessoal e suposta amante de seu pai, Kim Ok, na terceira Conferência do Partido dos Trabalhadores, em setembro de 2010. Em 2012, ela teria recebido o cargo de gerente de turnê de Kim Jong-un, sob a Comissão de Defesa Nacional.
Em outubro de 2014, supostamente assumiu funções do Estado pelo irmão enquanto ele se submetia a tratamento médico. Em novembro foi nomeada vice-diretora do Departamento de Propaganda e Agitação do partido no poder."Como uma das assessoras mais próximas de seu irmão, ela assumiu tarefas administrativas adicionais – recebendo relatórios, informando o irmão, encaminhando suas instruções, convocando altos funcionários", conta Madden.
Em 2019, Kim Yo-jong foi vista ao lado do irmão em várias cúpulas, incluindo as reuniões deste com o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, e o presidente dos EUA, Donald Trump. Após a fracassada cúpula no Vietnã entre Kim Jong-un e Trump, desapareceu da cena pública por alguns meses.
Analistas dizem que Kim Yo-jong também trabalha para melhorar a imagem internacional de Kim Jong-un. Ela é casada com Choe Song, filho de Choe Ryung-hae, um candidato potencial à liderança norte-coreana.
Preparada para um futuro papel?
Os críticos de Kim Yo-jong argumentam que ela é jovem e inexperiente demais para liderar a Coreia do Norte. Além disso, a sociedade norte-coreana é fortemente patriarcal, e não seria fácil uma mulher liderar o país. Para alguns analistas, no entanto, ela é provavelmente a melhor opção no cenário atual.
Antes de assumir o cargo em 2011, Kim Jong-un foi preparado por seu pai e pelo partido. A mídia norte-coreana também fez elogios contínuos ao jovem Kim, projetando-o como o próximo líder. Kim Yo-jong já desempenha papéis oficiais efetivamente, e a mídia local a mostra de um ângulo positivo.
Para Lee Seong-hyon, do Instituto Sejong, Kim Yo-jong já desfruta de "um status não oficial de número dois na Coreia do Norte", graças a seu passado familiar.
MD/dw/afp/efe/dpa/cp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos