TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19

TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

MPF em Cuiabá

MPF em Cuiabá
Av. Miguel Sutil, nº 1.120, Esquina Rua J. Márcio (R. Nestelaus Devuisky) Bairro Jardim Primavera

sábado, 4 de julho de 2020

"COVID-19: Delegado Claudinei solicita atenção aos caminhoneiros na pandemia da Covid-19"

O parlamentar pediu à Secretaria Estadual de Saúde para que disponibilize kit de proteção e prevenção contra o novo coronavírus aos motoristas. Para garantir a saúde de profissionais do setor de transporte rodoviário de cargas, neste período de combate à Covid-19, o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) apresentou a indicação de nº 1204/2020 à Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (Ses-MT) para que seja disponibilizado kits de proteção e prevenção aos caminhoneiros que trafegam em estradas mato-grossenses.
Essa categoria é considerada linha de frente no enfrentamento ao novo coronavírus, em que transportam diversificados produtos para atender a sociedade. 
O parlamentar sugere que sejam feitas ações de caráter informativo com os caminhoneiros em postos fiscais ou de cobrança de pedágio e, se possível, a criação de uma rede de apoio aos motoristas para mantê-los seguros do contágio. Além disso, ele propõe que os kits a serem distribuídos contenham álcool em gel e máscaras, como, também, espaços específicos para que os motoristas possam fazer a devida higienização, sempre que for necessário. 
“São muitos profissionais que estão nesta chamada - linha de frente - no combate a esse vírus, arriscando sua própria vida para atender a população, a exemplo dos profissionais da área da saúde e segurança pública. Mas, é dentro deste contexto que não podemos esquecer dos motoristas de caminhões que trafegam pelas estradas do nosso país. Sabemos que no âmbito do estado de Mato Grosso, o transporte de diversos produtos vitais à sobrevivência da população, são realizados, em sua maioria, pelas estradas e rodovias, através de caminhões”, comenta Claudinei.
Transporte Rodoviário
Para o morador de Rondonópolis (MT) e motorista de caminhão, Walter Lopes Gonçalves, que atua há quase 20 anos na área, explica que a pandemia da Covid-19 afetou bastante a categoria – sendo que o seu salário reduziu em 30%. “O fluxo abaixou, muitas fábricas reduziram a produção, acaba que ficamos sem cargas para transportar. O motorista parece que é o único do mundo que não tem direito de nada. Nem auxílio emergencial. O salário reduziu, mas a gente não parou. Mesmo tocando dia e noite”, indigna.
Ele ressalva que chegou a ficar 11 dias sem trabalhar, por não ter carga para fazer o devido transporte. “Não está compensado. Além da pandemia, o caminhoneiro ainda sofre com a redução dos fretes. Tudo bem que o óleo diesel teve uma pequena redução, mas não é nada lucrativo. Tem momentos que os caminhões ficam parados, pois temos que seguir para um destino que vamos poder descarregar e carregar novamente para fazer um novo trajeto. Infelizmente, o coronavírus prejudica os caminhoneiros”, explica Gonçalves. 
Proteção 
Além de atender as estradas de Mato Grosso, Walter conta que segue rotas em outros seis estados brasileiros, sendo que não teve a oportunidade de deparar com ações preventivas contra o coronavírus em postos de cidades mato-grossenses. “Viajando de ponta-a-ponta, não deparei com essa iniciativa aqui. Mas, eu vivenciei isso, no Rio de Janeiro. Eles me deram um vidro de álcool em gel de100 gramas, máscara e luvas. Parei no posto de fiscalização de pesagem lá e, ainda, participei de uma palestra com explicações dos cuidados com o vírus”, lembra Walter.
Pandemia - Na última atualização do Boletim Epidemiológico do Governo do Estado de Mato Grosso, no dia 3 de julho, já são 19.540 casos confirmados de Covid-19, com 741 óbitos.
Samantha dos Anjos/Caminho Político
Caminho Politico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos