SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

"Braço Forte do Campo da Cidade e da Forquilha do Manso! Vereador Tito da Forquilha 14.123"

"Braço Forte do Campo da Cidade e da Forquilha do Manso! Vereador Tito da Forquilha 14.123"
"Juntos Somos Mais Fortes

terça-feira, 14 de julho de 2020

"Especialista alerta a importância da qualificação na aplicação da tóxina botulínica"

A médica dra. Aline Dalávia explica que o procedimento se realizado da forma incorreta pode tirar a harmonia do rosto. Em alta entre os procedimentos estéticos mais procurados, a tóxina butolínica, mais conhecida como botox requer qualificação do profissional que for aplicar, para que o resultado seja satisfatório no paciente. O procedimento é eficaz para retardar o envelhecimento, quando aplicado no músculo, o botox paralisa o movimento no local da aplicação evitando a formação das rugas e consequentemente a expressão fica suavizada e aparência natural e mais jovem. A duração do produto é de aproximadamente quatro meses. Porém, mal aplicada, a toxina pode comprometer a harmonia da face. Caso seja injetada em um músculo errado, pode modificar as linhas faciais.

A médica dra. Aline Dalávia, da La` Derme Clinique cita alguns exemplos. “O paciente pode ter uma elevação exagerada do supercílio ou pálpebra caída, surgimento de nódulos, assim como o deslocamento da toxina botulínica para outras regiões”.
Dalávia complementa que, mesmo o procedimento sendo invasivo, não-cirúrgico, a aplicação da toxina botulínica deve ser realizada por mãos experientes. “Durante a minha trajetória sempre busquei qualificação, porque uma gotinha a mais, onde não deveria, pode ter um impacto no paciente”.
Com mais de 20 especializações na área de estética e cosmiátrica, a maioria realizada em outros estados, Dalávia adquiriu conhecimento o suficiente para elaborar seu próprio método, e decidiu compartilhar no curso “Hands On”.
“Essa é uma oportunidade para os médicos que moram em Mato Grosso, e querem se especializar na aplicação da toxina botulínica. Com a turma reduzida, a atenção com o aluno é redobrada. Primeiro vamos treinar no boneco, em seguida no paciente modelo”, explica a dra Aline.
A sala de aula está equipada conforme as regras da Organização Mundial de Saúde (OMS), cada aluno terá o seu local de estudo, com distanciamento, além dos protetores faciais, uso de luvas e álcool em gel.
O curso será realizado neste sábado (18), e entre os temas abordados estão: tipos de toxina (botox, botulift e dysport), mecanismos de ação, sorriso gengival, hiperidrose e muito mais.
Mais informações pelo telefone: (66) 99964-8003 ou acesse o site: https://draalinedalavia.com.br/
Caminho Politico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos