TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19

TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

MPF em Cuiabá

MPF em Cuiabá
Av. Miguel Sutil, nº 1.120, Esquina Rua J. Márcio (R. Nestelaus Devuisky) Bairro Jardim Primavera

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

segunda-feira, 17 de agosto de 2020

"Concessão de ferrovias pode passar para o Estado"

Proposta nesse sentido foi apresentada aos deputados estaduais. A implantação de uma ferrovia em Mato Grosso poderá ser autorizada pela Assembleia Legislativa, assim como novos ramais para atender a demanda de cargas dos municípios ou até de grupos empresariais. Tudo depende da aprovação, pelo Legislativo, de Proposta de Emenda Constitucional e Projeto de Lei Complementar para criar e implementar o Plano Viário Estadual. A ideia foi apresentada, nesta segunda-feira (17.08) pelos senadores Wellington Fagundes (PL-MT) e Jayme Campos (Dem-MT) em reunião com o presidente da AL, deputado estadual Eduardo Botelho (Dem), e os deputados estaduais Janaína Riva (MDB) e Carlos Avalone (PSDB).
“Com isso, esperamos avançar mais rápido com os projetos de ferrovia no Estado”, avalia o senador Wellington, presidente da Frente Parlamentar de Logística e Infraestrutura.
Os diretores da Rumo – empresa que detém a concessão da Ferrovia Vicente Vuolo (FERRONORTE), em Mato Grosso, – João Alberto (presidente) e Guilherme Perin (diretor de Regulação e Institucional) participaram da reunião com os parlamentares e avaliaram como muito positiva a iniciativa.
Em seguida, o grupo se reuniu no gabinete do governador de MT, Mauro Mendes, onde foi proposto a criação de um grupo de trabalho composto por representantes da classe política e membros do governo do Estado deve acompanhar os avanços no processo de expansão dos trilhos da Ferrovia Vicente Vuolo em direção a Cuiabá e o Norte de Mato Grosso.
A concessionária Rumo pretende expandir os trilhos de Rondonópolis, onde possui o maior terminal de cargas da América do Sul, em direção a Campo Verde, Cuiabá, Nova Mutum e Lucas do Rio Verde.
A expansão dos trilhos é compromisso da empresa após a aprovação, pelo Tribunal de Contas da União, da prorrogação antecipada da concessão da Malha Ferroviária Paulista e a viabilidade econômica do empreendimento já foi aprovada e aguarda aprovação do Ibama (projeto ambiental) e Agência Nacional de Infraestrutura de Transportes (ANTT) do projeto técnico.
Segundo a Rumo, a empresa dispõe de R$ 7 bilhões para investimentos em Mato Grosso. “Já adquirimos as áreas para a construção dos terminais de carga”, diz o presidente da empresa.
“Todos esses projetos que envolvem a infraestrutura de transporte reforçam o papel de Mato Grosso como grande produtor de grãos. Em maio, após decisão do TCU, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) já assinou o contrato para renovação antecipada da Malha Paulista, operada pela Rumo Logística, que assegura o avanço da Ferrovia Vicente Vuolo em Mato Grosso”, avalia o senador.
Da assessoria/Caminho Político
Caminho Politico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos