TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19

TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

MPF em Cuiabá

MPF em Cuiabá
Av. Miguel Sutil, nº 1.120, Esquina Rua J. Márcio (R. Nestelaus Devuisky) Bairro Jardim Primavera

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quarta-feira, 12 de agosto de 2020

"CORONAVÍRUS: Vacina contra covid-19 pode estar disponível até dezembro, diz órgão alemão"

Pesquisador trabalha em vacina contra coronavírusRKI, responsável pelo controle de doenças infecciosas na Alemanha, afirma ser plausível imunização contra o coronavírus ainda neste ano. Mas vacinação pode não ser suficiente para conter a pandemia, alerta instituto.O Instituto Robert Koch (RKI), responsável pelo controle de doenças infecciosas na Alemanha, afirmou nesta quarta-feira (12/08) que uma vacina contra o novo coronavírus pode estar disponível ainda no outono europeu deste ano, que vai de setembro a dezembro. A instituição alertou, porém, que conter a pandemia de covid-19 ainda pode levar alguns meses. "Projeções preliminares fazem com que a disponibilidade de uma ou várias vacinas pareça ser possível a partir do outono de 2020", disse o RKI. Há no mundo seis vacinas contra a covid-19 na fase 3 de ensaios clínicos, a última etapa antes da aprovação, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).
Mas o instituto alemão advertiu que "seria perigoso" neste momento confiar que uma vacinação a partir do outono de 2020 "possa conter a pandemia". Em artigo intitulado A pandemia na Alemanha nos próximos meses, o RKI alerta que o impacto de qualquer vacina pode ser atenuado por mutações virais ou complicações referentes à imunidade de longa duração.
A declaração do RKI ocorre em meio a preocupações crescentes na Alemanha sobre o aumento de infecções. Nesta quarta-feira, o número de novos casos diários de coronavírus no país atingiu seu nível mais alto desde 9 de maio.
O ministro da Saúde, Jens Spahn, pediu aos cidadãos que permaneçam em alerta. "Devido ao retorno de viagens, festas de todos os tipos, comemorações familiares em muitos lugares do país, estamos registrando pequenos e grandes surtos em quase todas as regiões do país. Se não prestarmos atenção agora, isso pode criar uma nova dinâmica."
Spahn também expressou ceticismo em relação à vacina russa contra o coronavírus, aprovada pelo governo em Moscou na terça-feira. "Até onde sabemos, ela não foi suficientemente testada", disse, sugerindo que as autoridades russas não foram transparentes sobre as pesquisas e métodos de testes.
A vacina foi aprovada menos de dois meses após o início dos testes em humanos. Resultados dos estudos sobre a imunização e sua segurança não foram divulgados, e essa falta de transparência preocupou cientistas internacionais.
John Silk (cn)Caminho Político
Caminho Politico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos