PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS
PLATAFORMA EAD DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO Cuiabá - MT.

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

segunda-feira, 24 de agosto de 2020

"Criança não é um mini adulto- Alerta Fisioterapeuta Pélvica Infantil"

As disfunções miccionais (intestinal e urinária) são muito prevalentes nas crianças. Os casos chegam em torno de 15-20% da população infanto-juvenil. Apesar dos dados, é frequente passar despercebido por familiares e profissionais da área de saúde. Por isso, é importante abordar esse tema, uma vez que a criança possui ritmo diferente do adulto, o mundo deles é o inverso do mundo que estamos acostumados. Eles estão aprendendo, e tudo que é “besteira” para nós, para eles pode ser um grande desafio.
E quando falamos do tratamento da Fisioterapia Pélvica Infantil não é diferente.
A infância é uma fase de experimentações, as crianças estão conhecendo o mundo, enxergando-se nele e criando suas próprias personalidades. É fato, que nós profissionais da área da saúde, não podemos tratá-los como um “mini adulto”, afinal, eles possuem emoções, tempo, raciocínio e sentimentos bem diferentes de um adulto.
Em muitos casos, as crianças apresentam quadros de infecções urinárias recorrentes, urgência urinária, aumento da frequência urinária, mesmo após o desfralde, ou fazem xixi na cama. Isso ocorre devido má coordenação do músculo da bexiga e o esfíncter uretral (músculo que auxilia a prender o xixi). Não tratar a causa, ou o tratamento inadequado, pode levar ao comprometimento estrutural da bexiga, nefropatias (doenças no rim), e disfunções coloproctológicas.
A fisioterapia tem o objetivo de ajudar nessa coordenação muscular, bem como na atividade do músculo da bexiga por meio de exercícios específicos. É preciso avaliar a forma de abordagem do paciente infantil, que é sem dúvidas diferente do adulto. No atendimento da criança leva-se em conta a didática lúdica, interação, leveza, e principalmente a confiança para obter bons resultados no tratamento.
É importante que os pais observem seus filhos, preste atenção na forma como os tratam em relação as disfunções miccionais, que possam ocorrer no dia a dia e caso necessário procure um profissional especializado na saúde da criança. Dessa forma, é possível ter um diagnóstico precoce e um tratamento saudável e eficaz para a criança.
Conheça os benefícios do tratamento da Fisioterapia Pélvica Infantil:
Prevenção do sistema urinário superior;
Infecção urinária de repetição;
Incontinência urinária;
Urgência urinária;
Enurese (xixi na cama);
Incontinência fecal;
Escape fecal;
Constipação;
Anomalias anorretais;
Desfralde.
Karla Mercedes – Fisioterapeuta especialista em fisioterapia pélvica infantil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos