TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19

TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

MPF em Cuiabá

MPF em Cuiabá
Av. Miguel Sutil, nº 1.120, Esquina Rua J. Márcio (R. Nestelaus Devuisky) Bairro Jardim Primavera

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

domingo, 23 de agosto de 2020

"PESQUISA: Seplag/MT disponibiliza novo painel com informações sobre professores da educação básica "

Ferramenta criada por gestor governamental vai facilitar pesquisas e contribuir para melhor nortear o acompanhamento de políticas públicas. Uma nova ferramenta disponibilizada pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag/MT), a partir do cruzamento de microdados do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB), vai contribuir de forma muito mais efetiva para que pesquisadores analisem, comparem e interpretem as informações por ele disponibilizadas e, consequentemente, para a criação de políticas públicas muito mais adequadas.
A ferramenta, criada pelo gestor governamental Alexandre Campos, oferece muitas possibilidades de filtros e cruzamentos de dados dos professores da educação básica referentes a 2013, 2015 e 2017, permitindo aos pesquisadores a análise e monitoramento da evolução das informações. Em breve serão inseridos os dados de 2019 também.
Alexandre Campos, que atualmente está na Escola de Governo, explica que o SAEB é um sistema de avaliação de larga escala, prestes a completar 30 anos, que reúne resultados da aprendizagem dos alunos e também dos questionários contextuais aplicados a diretores, professores e alunos das escolas de todas as redes do Brasil.
Os dados disponibilizados no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), analisa o gestor governamental, são muito áridos para um analista iniciante.
“O INEP disponibiliza dados brutos, e para conseguir analisar é preciso ter um pouco mais de familiaridade com os microdados, saber as extensões dos arquivos, que ferramentas serão utilizadas para importar esses arquivos, entender que o dicionário de dados é um arquivo a parte, entre outros”, relata.
Campos ressalta que já houve uma tentativa de melhorar a disponibilização dos dados da educação com a criação da plataforma QEDU, que ele considera um site bastante interessante, com várias opções de pesquisa, com resultados em percentual e valores absolutos, porém com algumas limitações.
A primeira delas é que os dados são apenas de 2017, sem resultado de anos anteriores, o que não permite analisar a evolução. Também não está disponibilizado o Ensino Médio e nem os dados da rede privada. Outra limitação é não permitir o cruzamento de variáveis.
Percebendo a necessidade dos dados serem apresentados de uma forma mais dinâmica e com várias possibilidades, Alexandre Campos decidiu criar um novo painel. “Nós organizamos para os dados serem apresentados de uma forma mais fácil para quem quiser cruzar informações e tirar algumas conclusões simples sobre o que esses questionários estão respondendo a respeito dos professores do Brasil”, esclarece.
“O Painel disponibiliza os dados e cabe ao pesquisador, dependendo da necessidade específica da sua pesquisa, realizar os filtros, as comparações e interpretar à luz da literatura sobre o tema. Não há ferramenta quantitativa que prescinda de uma boa análise qualitativa", contextualiza o gestor governamental.
Endereço do Painel de Monitoramento: paineldemonitoramento.seplag.mt.gov.br
Sandra Carvalho/Caminho Político
Caminho Politico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos