SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

segunda-feira, 7 de setembro de 2020

"Ex-presidente Lula deve participar de convenção via internet para lançar Barranco candidato ao Senado"

O pré-candidato ao Senado pelo Partido dos Trabalhadores (PT), na vaga suplementar que será disputada juntamente com as eleições municipais, deputado Valdir Barranco, garantiu a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante a convenção do partido que deve definir seu nome como candidato oficial. Não será um evento presencial, mas sim na plataforma digital, o que permite a presença de Lula em seu palanque virtual, já que o ex-presidente até era cotado para viajar com a comitiva do PT, mas por ser do grupo de risco, a direção nacional da sigla achou melhor ele participar apenas de maneira virtual. Barranco não desqualifica essa presença e exalta a maneira nova de fazer campanha. "Já é um jeito novo de fazer campanha. Com isso, o PT aderiu à maneira remota e teremos a presença do ex-presidente Lula na nossa convenção via plataforma digital. Com isso, poderemos contar com ele e toda sua experiência", disse o deputado.
Recentemente, na sexta-feira (4), Valdir Barranco anunciou que a professora Maria Lúcia (PC do B) estará em seu palanque como primeira suplente. Com isso, fica fechada a parceria esquerdista entre as duas legendas que já caminham juntas pelo Brasil.
Além do PC do B, Barranco espera o apoio da Rede Sustentabilidade para poder iniciar as caminhadas de campanha ao Senado. "Temos essa parceria nacional com o PC do B e agora queremos o Rede junto conosco. Temos a militância que está pronta para a campanha e apoia nossa candidatura. Em todos os estados, a militância quer ver a dobradinha da esquerda junta. Lógico, sempre respeitando as dinâmicas e democracia do partido", comentou o deputado.
Barranco vai se licenciar de suas funções na Assembleia Legislativa no dia 30 de setembro e só deve retornar ao parlamento, caso não vença as eleições, em 1º de dezembro. Em seu lugar assume o professor Henrique Lopes (PT), que em 2018 obteve 18.300 votos ficando na primeira suplência do parlamentar.
“Henrique é professor, já foi presidente do Sinterp-MT (sindicato da categoria) e atualmente preside a CUT-MT. Um político muito bem preparado e legitimado nas urnas para assumir este lugar na Assembleia. Desejo boa sorte a nós dois: a ele como deputado estadual e a mim na disputa ao Senado. Hoje, sou pré-candidato, amanhã Senador da República”, concluiu.
Da Redação/Caminho Político/olhardireto
Max Aguiar
Caminho Politico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos