DIRETO DA VENEZUELA

DIRETO DA VENEZUELA
Tweets por ‎@infoenlaceweb INSTAGRAM @INFOENLACEWEB

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Endereço: Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

terça-feira, 29 de setembro de 2020

"SUA SAÚDE: Lesões causadas por HPV podem ocasionar câncer na região anal, alerta Mardem Machado"

O coloproctologista diz que o sintoma mais comum é a coceira, que pode apresentar sangramento e talvez dores.
Condilomas estão direta e claramente relacionados com ocorrências de câncer na região anal, conforme confirma o médico coloproctologista Mardem Machado, de Cuiabá (MT). Uma doença sexualmente transmissível, o condiloma é causado pelo Papiloma Vírus Humano, também conhecido como HPV. Não é necessário ter penetração para o surgimento da doença, basta o contato íntimo.“Os condilomas são pequenas lesões com formato e aparência de verrugas, que aparecem em torno do ânus ou até dentro do canal anal. As lesões também podem aparecer na área genital, no períneo, nas nádegas e na virilha”, explica o médico.
Machado diz que o sintoma mais comum é a coceira, que pode apresentar sangramento e talvez dores.
“O indivíduo pode perceber as lesões durante sua higiene, mas elas costumam passar despercebidas já que costumam ser planas, rasas e não elevadas. É muito importante a avaliação de um coloproctologista, principalmente se as lesões surgirem dentro do canal anal”.
Caso a quantidade de verrugas seja pequena, o tratamento -pode consistir apenas na aplicação local de medicamentos. Em casos de muitas lesões, pode ser necessário uma intervenção cirúrgica, como a eletrocoagulação sob anestesia.
O médico ainda destaca que existem subtipos do vírus, que causam o condiloma, que estão relacionados ao desenvolvimento de câncer na região anal.
A vacina contra o HPV é o método mais eficaz. Também é necessário que todos tenham relações sexuais seguras, com o uso de preservativos e com parceiros de confiança. Essa é a melhor prevenção. Caso esteja em tratamento, o paciente deve se abster do sexo até concluir todo o processo. O parceiro sexual também deve ser avaliado.
“É importante destacar que se as lesões causadas pelo HPV, se não forem tratadas corretamente, podem se espalhar ou crescer. É necessário realizar exames preventivos e caso seja infectado, um controle periódico após o tratamento”, conclui o especialista.
Sandra Carvalho/Caminho Político
Caminho Politico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos